Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Implantação da Central de Tratamento de Resíduos foi elogiada pela população; debates englobaram seis eixos temáticos

A cidade de Londrina promoveu a 6ª Conferência Municipal do Meio Ambiente, no sábado (28), das 8h às 19h, no auditório do Sest/Senat, localizado na avenida Santa Terezinha, 1377.
O evento é organizado pela Secretaria Municipal de Ambiente (SEMA), em parceria com o Conselho Municipal do Meio Ambiente (Consema), e teve como temática principal a “Construção da Agenda 21 Ambiental de Londrina (Rio +20)”.

Durante a conferência, foram discutidas iniciativas e soluções ambientais para a cidade. Os temas foram divididos em seis eixos norteadores: resíduos sólidos; fauna e flora; recursos hídricos; educação ambiental; Fundo Municipal do Meio Ambiente e redução da emissão de gases do efeito estufa.

O secretário municipal de Ambiente, Gilmar Domingues, explicou que alguns assuntos, que já estão sendo analisados pela Prefeitura, vieram ao encontro  dos debates trazidos pela população e outros foram elogiados pelos participantes, como, por exemplo, o esforço municipal para a implantação da Central de Tratamento de Resíduos.

“Nas discussões, os participantes trouxeram algumas dúvidas sobre a classificação dos pequenos e grandes geradores de resíduos sólidos e este mesmo assunto está sendo revisto e analisado pela SEMA, desde a semana passada. Estamos analisando a parte documental e realizando vistorias nos locais, com ajuda da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU). Espera-se que, em 15 dias, o relatório esteja finalizado”, disse Gilmar Domingues.

O secretário de Ambiente afirmou que é importante desenvolver e participar de conferências como esta, porque é uma forma democrática da comunidade mostrar ao município as ações ambientais almejadas e que precisam ser melhoradas. O objetivo final é fazer um documento com as prioridades abordadas pela população e encaminhar ao prefeito Barbosa Neto, para as implementações necessárias.

Além dos debates sobre as questões ambientais, foram eleitos 56 novos conselheiros, entre titulares e suplentes, do Consemma. Os novos membros vão tomar posse na próxima segunda-feira (6), sendo que, no dia 13 de fevereiro, será eleito, de forma direta, o novo presidente do Conselho.

Prefeito participou da abertura

O prefeito Barbosa Neto participou da solenidade de abertura da 6ª Conferência Municipal do Meio Ambiente, no sábado, pela manhã. Em sua fala, elencou diversas conquistas para o ambiente, como a criação do Parque João Milanez, na antiga Fazenda Refúgio; o plantio de 250 mil mudas de árvores; o combate à poluição sonora e o programa Cesta Verde.

O presidente do Conselho Municipal do Ambiente, Fernando Barros, disse que o prefeito Barbosa Neto foi o único candidato a prefeito no pleito de 2008, que assumiu governar com as deliberações da Conferência do Ambiente. Segundo o secretário geral do Conselho, Alexandre Colonhezi, 66% das resoluções foram implantadas pelo prefeito na sua gestão.

(NC/PML)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.