Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Meio Ambiente 12/04/2017  09h02

Consemma aprova R$ 2,6 milhões para investimentos na área

Recurso será utilizado na reestruturação da SEMA e na política municipal do ambiente

O Conselho Municipal do Meio Ambiente (Consemma) aprovou, durante reunião extraordinária realizada na tarde da segunda-feira (10), R$ 2,6 milhões de recursos, provenientes do Fundo Municipal do Ambiente, para investimentos na reestruturação da Secretaria Municipal do Ambiente (SEMA) e na política municipal do ambiente. O fundo é gerenciado pelo Consemma, que recebe recursos do ICMS ecológico e de multas e taxas ambientais.

Segundo a secretária da pasta, Roberta Queiroz, trata-se de uma aprovação histórica, deliberada pelo conselho, para investimento em várias frentes. “Antes os recursos eram liberados de forma fragmentada, o que dificultava um pouco a realização do trabalho, e agora foi disponibilizado um recurso global, para que possamos investir em diversas ações ao longo do ano”, ressaltou.

Roberta destacou ainda a importância da parceria com o Consemma.  “Esta aprovação demonstra a sensibilidade do conselho com a reestruturação da secretaria, especialmente com as atividades de licenciamento ambiental, e o fortalecimento da SEMA junto à administração pública. Com isso, nossa expectativa é melhorar e ampliar a prestação dos serviços públicos”, frisou.

Os recursos poderão ser usados para investimento em estações de trabalho, como aquisição de computadores, veículos e equipamentos pesados, destocador, bobcat e caminhão munck, e para reestruturação do Viveiro Municipal, que pretende investir na produção de flores e na melhoria da produção de mudas para arborização e recomposição florestal.

Também foram liberados recursos para contratação de laboratório que fará análise de água e solo, necessária nas fiscalizações; investimentos no Plano Municipal da Mata Atlântica; parques municipais Arthur Thomas e Daisaku Ikeda; pagamentos de serviços ambientais; aquisição de ferramentas para eventos da educação ambiental, como tendas, caixas de som, microfone, entre outros. Foram garantidos, ainda, recursos para o Programa Municipal de Incentivo ao Verde (Proverde), cujo novo edital será lançado em breve.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.