Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Meio Ambiente 12/04/2017  09h02

Consemma aprova R$ 2,6 milhões para investimentos na área

Recurso será utilizado na reestruturação da SEMA e na política municipal do ambiente

O Conselho Municipal do Meio Ambiente (Consemma) aprovou, durante reunião extraordinária realizada na tarde da segunda-feira (10), R$ 2,6 milhões de recursos, provenientes do Fundo Municipal do Ambiente, para investimentos na reestruturação da Secretaria Municipal do Ambiente (SEMA) e na política municipal do ambiente. O fundo é gerenciado pelo Consemma, que recebe recursos do ICMS ecológico e de multas e taxas ambientais.

Segundo a secretária da pasta, Roberta Queiroz, trata-se de uma aprovação histórica, deliberada pelo conselho, para investimento em várias frentes. “Antes os recursos eram liberados de forma fragmentada, o que dificultava um pouco a realização do trabalho, e agora foi disponibilizado um recurso global, para que possamos investir em diversas ações ao longo do ano”, ressaltou.

Roberta destacou ainda a importância da parceria com o Consemma.  “Esta aprovação demonstra a sensibilidade do conselho com a reestruturação da secretaria, especialmente com as atividades de licenciamento ambiental, e o fortalecimento da SEMA junto à administração pública. Com isso, nossa expectativa é melhorar e ampliar a prestação dos serviços públicos”, frisou.

Os recursos poderão ser usados para investimento em estações de trabalho, como aquisição de computadores, veículos e equipamentos pesados, destocador, bobcat e caminhão munck, e para reestruturação do Viveiro Municipal, que pretende investir na produção de flores e na melhoria da produção de mudas para arborização e recomposição florestal.

Também foram liberados recursos para contratação de laboratório que fará análise de água e solo, necessária nas fiscalizações; investimentos no Plano Municipal da Mata Atlântica; parques municipais Arthur Thomas e Daisaku Ikeda; pagamentos de serviços ambientais; aquisição de ferramentas para eventos da educação ambiental, como tendas, caixas de som, microfone, entre outros. Foram garantidos, ainda, recursos para o Programa Municipal de Incentivo ao Verde (Proverde), cujo novo edital será lançado em breve.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios