Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Quase 400 veículos participaram da iniciativa, que coletou eletrodomésticos, óleo vegetal, placas de raio X, roupas e calçados

No último sábado (20), a população de Londrina se mostrou preocupada com o meio ambiente e o descarte correto de materiais recicláveis. Isso porque, durante o primeiro Drive-thru da Reciclagem de 2021, foram entregues 11 toneladas de lixo eletrônico, cerca de 200 litros de óleo vegetal, 30 quilos de chapas de raio X e 20 quilos de pilhas e baterias velhas. Ao todo, 379 veículos participaram da ação realizada no estacionamento do Parque Municipal Arthur Thomas (rua da Natureza, 155, Jardim Piza).

Entre os produtos entregues havia diversos tipos de eletrodomésticos e eletroeletrônicos, como televisores, máquina para fazer pão, aspirador de pó, enceradeira, videocassetes, aparelhos de rádio e de DVD, impressoras, telas de computador, CPUs, teclados e mouses. Além desses, outros itens foram aceitos, como óleo de cozinha usado, placas de raio X velhas, roupas, calçados, acessórios, pilhas e baterias.

Segundo a Gerente da Educação Ambiental da SEMA, Mariza Pissinati, além da quantidade de materiais, a participação efetiva da população surpreendeu os organizadores. “Até às 10h36 já tinham passado mais de 100 veículos pelo Drive-thru da Reciclagem; e o resultado da ação na SEMA foi mais que surpreendente”, disse a gerente.

Durante a ação, os servidores da Secretaria Municipal do Ambiente fizeram um levantamento sobre como a população se informa dessas ações. No caso específico do drive-thru de sábado, a maioria viu reportagens na televisão (112 pessoas), recebeu o aviso por Whatsapp (72) e ouviu na programação das rádios (60). Além disso, outros meios de comunicação contribuíram para a participação de todos, visto que os sites de notícia, jornais impressos, site da Prefeitura de Londrina, Facebook, Instagram e outros meios também foram citados.

A destinação correta de materiais recicláveis é importante, pois eles carregam consigo muitos componentes eletrônicos, que podem contaminar o solo e o lençol freático com substâncias nocivas, como os metais pesados (mercúrio, berílio e chumbo) que são altamente prejudiciais à saúde humana e de animais e plantas. Por isso, todos os materiais entregues serão selecionados.

Roupas, calçados e acessórios que estiverem em bom estado serão doados às instituições de caridade. Aqueles que não puderem serão descartados com a ajuda da Rotary Club de Londrina Sul, que é parceiro da iniciativa. A quantidade de roupas e calçados doados ainda estão sendo computados e deve ser divulgada na quarta-feira (24).

Balanço

Desde 2020, com as ações do Drive-thru da Reciclagem, a Prefeitura de Londrina ajudou a população a descartar corretamente 16,4 toneladas de eletroeletrônicos, 62 quilos de pilhas e baterias portáteis, 566 litros de óleo vegetal usado, mais de 10.500 peças de roupas, calçados e acessórios, além de mais de 52 quilos de chapas de raio X.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.