Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Alunos de todo o Brasil aprendem a importância do descarte adequado dos resíduos em seu dia-a-dia

Comprometido com a promoção da conscientização ambiental das futuras gerações, o InpEV, instituto que representa a indústria fabricante de agrotóxicos para a destinação das embalagens vazias de seus produtos e as centrais de recebimento de embalagens vazias de agrotóxicos, lançaram este ano, em parceria com a Editora Horizonte, o Programa de Educação Ambiental Campo Limpo – que tem como objetivo o apoio a instituições de ensino na complementação de conteúdos curriculares com temas relacionados ao meio ambiente e alinhados às  recomendações dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN).

Por meio da parceria com secretarias municipais de educação, núcleos de ensino, diretores ou coordenadores de escolas, o programa, cujo tema em 2011 é o Ciclo de Vida das Embalagens, foi disseminado até o momento para mais de 1.000 escolas do entorno das unidades de recebimento de embalagens vazias de agrotóxicos em 19 Estados. Estas escolas, após a confirmação da adesão ao programa, receberam kits pedagógicos especialmente desenvolvidos para aplicação aos alunos do 4º e 5º ano do Ensino Fundamental com abordagem multidisciplinar.

 Os kits são compostos por caderno do professor, com orientações para aplicação do conteúdo, e material de apoio para sala de aula como jogo de tabuleiro “Na trilha das embalagens” e pôster sobre o tempo de decomposição das embalagens na natureza e o ciclo de vida das embalagens da produção à reciclagem. O programa possibilita ainda a participação dos alunos em um concurso local e nacional de desenho e redação.

 De acordo com João Cesar M. Rando – Diretor Presidente do inpEV, o tema Ciclo de Vida das Embalagens foi escolhido por ser atual e possibilitar o aprendizado de assuntos presentes no dia-a-dia dos estudantes como o descarte, reutilização e reciclagem dos resíduos sólidos, além de estimular atitudes ambientalmente corretas e a mudança de comportamento destes alunos.

 Iniciativas como essa contribuem para intensificar o compromisso socioambiental de todos os integrantes do sistema de logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas, que é uma referência para o mundo.

Sobre o inpEV

O inpEV – Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias, é uma entidade sem fins lucrativos que representa a indústria fabricante de defensivos agrícolas em sua responsabilidade de destinar as embalagens vazias de seus produtos de acordo com a Lei Federal nº 9.974/2000 e o Decreto Federal nº 4.074/2002. A lei atribui a cada elo da cadeia produtiva agrícola (agricultores, fabricantes, canais de distribuição e poder público) responsabilidades que possibilitam o funcionamento do sistema de destinação de embalagens vazias.

 O instituto foi fundado em 14 de dezembro de 2001 e entrou em funcionamento em março de 2002. Atualmente, possui 84 empresas e nove entidades em seu quadro associativo.

Mais informações sobre o inpEV e o sistema de destinação de embalagens vazias estão disponíveis no site www.inpev.org.br.

(Priscila Cunha/Asimp)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios