Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Foi o segundo encontro após a sanção do Plano Estadual de Resíduos Sólidos. A proposta é promover uma reunião por mês para ouvir as demandas dos municípios, conhecer os problemas e buscar soluções.

Discutir ações para execução do Plano Estadual dos Resíduos Sólidos foi o objetivo da reunião do secretário estadual do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, com representantes dos municípios e profissionais do Instituto Água e Terra (IAT). Também participaram integrantes do R20, grupo consultivo que busca soluções relacionadas aos resíduos sólidos.

O encontro aconteceu na Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), na segunda-feira (16). É a segunda reunião desde a sanção, pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, do Plano Estadual de Resíduos Sólidos, que busca contribuir para a elaboração das políticas públicas voltadas ao setor.

O secretário Márcio Nunes destacou que os encontros serão mensais e se destinam a ouvir as demandas dos municípios. “Estamos fazendo um bate-papo para conhecer quais são os problemas e o que podemos fazer para resolvê-los”, afirmou Nunes. Ele lembrou que é preciso, também, ter uma participação efetiva da população nas políticas públicas.

Para o diretor-presidente do IAT, Everton Souza, é um avanço conseguir dar andamento à solução de problemas referentes à gestão de resíduos sólidos no Paraná. “Esse problema grave do ponto de vista ambiental assola todo o Brasil”, disse.

Temáticas

O coordenador de Projetos Sustentáveis do IAT, Julio Cezar Rietow, apresentou o conceito do projeto Lixo 5.0, que surgiu dentro da proposta de inovação, novos processos e diminuição da burocracia do órgão ambiental paranaense.

“A Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo e o IAT têm trabalhado de forma intensiva em iniciativas que buscam a melhoria do gerenciamento de resíduos sólidos”, disse. “Estamos trazendo um novo conceito que tem como objetivo acompanhar estudos e certificar tecnologias ou processos de tratamento de resíduos sólidos nos municípios paranaenses”.

Também foram apresentadas outras iniciativas, como o apoio para formação de consórcios regionais, criação de políticas de educação ambiental, e equipamentos que ajudam a melhorar a reciclagem.

De acordo com o diretor de Políticas Ambientais da Secretaria, Rafael Andreguetto, no primeiro encontro foi feita uma apresentação do Plano Estadual dos Resíduos Sólidos, como a secretaria estadual trabalha essa questão e como o IAT operacionaliza e executa os processos. “Essas reuniões têm a intenção de tratar de temas novos e, ao mesmo tempo, abrir para um debate maior, em que todos os municípios possam se manifestar”, afirmou.

Daniele Iachecen/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.