Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Técnicos do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) classificaram na quarta-feira (16) o Reservatório Capivara, no município de Primeiro de Maio, na Região Metropolitana de Londrina, como impróprio para banho. A ação é uma forma de garantir a saúde e o bem-estar dos moradores da região, assegurando as condições necessárias à recreação de contato primário, ou seja, quando há contato direto com a água.

A classificação é decorrente da floração de algas na região, o que ocorre pelo excesso de matéria orgânica e nutrientes na água, afetando as condições de balneabilidade. “Essa é uma medida de prevenção, pois o contato com a água com o excesso dessas algas pode causar transtornos à saúde, como dermatites e infecções de acordo com a área de contato. Será instalada sinalização no local alertando a população quanto à qualidade da água”, explica o presidente do IAP, Luiz Tarcísio Mossato Pinto.

De acordo com as análises de amostras da água, essa proliferação excessiva no reservatório é resultado da combinação entre a destinação incorreta de esgoto das casas da região com fatores característicos do verão, como altas temperaturas, grande incidência solar e aumento de chuvas.

A avaliação do local seguiu padrões da resolução 274/2000 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), que estabelece que a floração de algas e o consequente aumento do pH da água são indicativos de risco à saúde. “Nesse caso, a classificação da qualidade da água deve ocorrer pela concentração de algas no reservatório, considerando os riscos pelo contato primário com a água”, diz a diretora de Monitoramento Ambiental e Controle da Poluição do IAP, Ivonete Chaves.

Segundo a chefe do departamento de pesquisa e qualidade do IAP, a bióloga Christine Xavier, as coletas continuarão sendo feitas semanalmente no local para acompanhar o processo de floração e de evolução da qualidade das águas. "O número de células de algas nas amostras deve chegar a 10.000 por mililitro de água para que o reservatório volte a ser classificado como próprio", explica.

A qualidade da água do reservatório será divulgada semanalmente junto com o boletim de balneabilidade do norte e norte pioneiro durante o Verão Paraná.

Asimp/IAP

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios