Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Está em vigor uma nova legislação que disciplina o que pode e o que não pode ser jogado na caçamba de entulho na cidade de Ibiporã.

Agora quem está executando obra terá que obedecer a uma nova regra sobre destinação de resíduos. Seguindo o que determina o novo Plano Municipal de Gerenciamento de Resíduos Sólidos, os entulhos jogados na caçamba ou deixados na calçada para que a Prefeitura de Ibiporã venha recolher não podem conter nenhum material que seja reciclável.

O diretor de Meio Ambiente da Secretaria Municipal de Agricultura, Diógenes Magri, afirma que a Prefeitura já está notificando os proprietários a fazer a separação correta. Somente na última quinta-feira (8) doze pessoas foram notificadas.

 “Estamos informando as pessoas para que organizem o seu entulho, pois se estiver com material reciclável misturado ao entulho, tanto a Prefeitura quanto a empresa de caçamba não recolherão”, avisou Diógenes. O lixo reciclável deve ser colocado nos sacos verdes que o caminhão da coleta seletiva recolhe.

·        O QUE É ENTULHO – tijolo, pedra, areia, pedaços de calçada, ferro, pregos, concreto. O que for madeira (tábuas, sarrafos e escoras) pode ser colocado na caçamba, mas separado num canto.

·        O QUE PÔR NO RECICLÁVEL – latas, embalagens e sacos plásticos, sacos de cimento e de cal, caixas de azulejos, lona plástica e vidro.

(Jaime Kaster)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios