Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Debate acontecerá no dia 25 de junho, das 8h30 às 17h30, no auditório da Faculdade Pitágoras

Os interessados em debater o planejamento da gestão de resíduos sólidos no Paraná, e, em especial em Londrina e região, podem se inscrever na II Oficina Técnica Regional do Plano Estadual de Resíduos Sólidos (PERS/PR). Ela acontecerá no dia 25 de junho, das 8h30 às 17h30, no auditório da Faculdade Pitágoras, localizado na Rua Edwy Taques de Araújo, 1.100, na Gleba Palhano. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas pelo https://goo.gl/forms/SsImd7h9I4ZCYIvi1.

Durante o encontro, os participantes vão conversar sobre o processo de planejamento da gestão de resíduos sólidos urbanos, de saúde, construção civil, serviços de transporte, mineração, serviços públicos de saneamento básico, industriais e agrossilvopastoris e logística reversa. Também será apresentado o panorama dos resíduos sólidos no Paraná e na região, além dos estudos de prospecção e escolha de cenários e as diretrizes, metas e ações do plano para Londrina e região. Quem participar poderá ajudar a validar esses documentos.

Para o secretário municipal do Ambiente, Gilmar Domingues Pereira, o momento é importante para todos os municípios da região, porque se discutirá um plano estadual, que conterá o diágnostico da situação e metas a serem cumpridas por todos. “Nós já fizemos o diagnóstico da situação, mas é bastante importante participarmos para darmos nossa contribuição à elaboração desse documento que terá força de lei. E no momento em que ele estiver em vigor, os municípios precisarão cumpri-lo de forma eficaz e efetiva, para solucionar o problema dos resíduos sólidos na região”, disse.

Os ministrantes serão o coordenador de Resíduos Sólidos do Paraná, Vinício Buni, e os profissinais das empresas EnvEx e Engebio, que formam o consórcio responsável pela elaboração do PERS/PR juntamente com a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Paraná (SEMA/PR).

De acordo com a geógrafa da Secretaria Municipal do Ambiente (SEMA), Mariza Pissinati, a oficina trará informações com a avaliação do primeiro encontro realizado pelos municípios e oportunizará a participação efetiva de todos no desenvolvimento das ações que estão sendo planejadas através do diálogo e de trocas de informações. “É o momento daqueles que estão elaborando o plano exporem o que vem sendo construído e de os municípios apresentarem opiniões sobre, apresentando suas demandas e necessidades, por isso é tão importante que os profissionais envolvidos com trabalhos de resíduos sólidos participem e opinem”, disse.

O plano, quando finalizado, trará as diretrizes que os Municípios deverão seguir para obterem avanços na área, além da liberação de recursos para efetivarem suas ações com a ajuda do Estado. O documento será discutido em várias partes do Paraná, sendo que Londrina será a primeira a recebê-lo. Em seguida, dia 26 de junho, será em Maringá; no dia 28, em Toledo; no dia 29, em Guarapuava; dia 4 de julho em Ponta Grossa; e dia 5 de julho, em Curitiba.

Os técnicos de Londrina tem trocado experiências com a área acadêmica, em que profissionais e alunos estão realizando pesquisas científicas e com empresários. Os encontros em grupos de debates, fóruns e eventos têm contribuído para a efetivação das políticas públicas de resíduos sólidos, que elencam essa área como uma preocupação de todos e não apenas do poder público. Segundo a geógrafa da Sema, isso tem mostrado resultados em instituições como igrejas e empresas, que estão estimulando a reciclagem para com seus participantes e colaboradores.

Municípios que integram a região de Londrina - Fazem parte dos estudos e prospecções de Londrina 80 municípios, que são Abatiá, Alvorada do Sul, Andirá, Apucarana, Arapongas, Assaí, Bandeirantes, Barra do Jacaré, Bela Vista do Paraíso, Bom Sucesso, Borrazópolis, Cafeara, Califórnia, Cambará, Cambé, Cambira, Carlópolis, Centenário do Sul, Congoinhas, Conselheiro Mairinck, Cornélio Procópio, Curiúva, Faxinal, Figueira, Florestópolis, Guapirama, Guaraci, Ibaiti, Ibiporã, Itambaracá, Jaboti, Jacarezinho, Jaguapitã, Jandaia do Sul, Japira, Jataizinho, Joaquim Távora, Jundiaí do Sul, Kaloré, Leópolis, Lupionópolis, Marilândia do Sul, Marumbi, Mauá da Serra, Miraselva, Nova América da Colina, Nova Fátima, Nova Santa Bárbara, Novo Itacolomi, Pinhalão, Pitangueiras, Porecatu, Prado Ferreira, Primeiro de Maio, Quatiguá, Rancho Alegre, Ribeirão Claro, Ribeirão do Pinhal, Rio Bom, Rolândia, Sabáudia, Salto do Itararé, Santa Amélia, Santa Cecília do Pavão, Santa Mariana, Santana do Itararé, Santo Antônio da Platina, Santo
Antônio do Paraíso, São Jerônimo da Serra, São José da Boa Vista, São Pedro do Ivaí, São Sebastião da Amoreira, Sapopema, Sertaneja, Sertanópolis, Siqueira Campos, Tamarana, Tomazina, Uraí e Wenceslau Braz.

Ana Paula Hedler/NC/PML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios