Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A partir de agosto, o projeto será ampliado e abordará a temática ‘maus-tratos aos animais’; unidades escolares interessadas podem ligar para 3372-4769 ou 3372-4768

Nesta semana, a Secretaria Municipal do Ambiente (Sema), por meio da Gerência de Educação Ambiental, finalizou a primeira etapa do projeto “Ecocidadão nas Escolas”. Foram realizadas 47 palestras com 704 alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e educação infantil, sobre os perigos das queimadas urbanas e os cuidados que se deve ter com o meio ambiente.

A escolha pela temática “Queimadas Urbanas” deu-se após a verificação da necessidade de se falar sobre o assunto, dada a quantidade expressiva de denúncias recebidas pela Sema, além do número de autuações realizadas pelos profissionais da Gerência de Fiscalização da pasta.

Assim, a professora da Secretaria Municipal de Educação (SME), Adriana Rodrigues Barra Rosa Ferreira, idealizou o projeto e com apoio da Sema deu início aos trabalhos. De terça a quinta-feira, ela foi às sedes das escolas municipais ministrar palestras sobre o tema. “Partimos do princípio que a apropriação dos saberes proporcionados pela Educação Ambiental, além de transformar a postura dos alunos em relação ao meio ambiente, os tornará também multiplicadores desses saberes na comunidade onde eles moram ou atuam”, explicou.

Durante as palestras, a educadora apresentou as atitudes que poderiam ocasionar as queimas sem controle, como jogar bitucas de cigarros e palitos de fósforo em terreno com galhos ou mato secos ou ainda colocar fogo em restos de lixo.

O objetivo do projeto é a realização de conversas e palestras sobre temas ambientais, incluindo orientações à população, a legislação em vigor no país e no Município e informações úteis para o dia a dia dos estudantes, de forma a contribuir para a preservação ambiental da cidade e, consequentemente, para o aumento da qualidade de vida da população.

Nova temática

A partir de agosto, o projeto será ampliado e atenderá também as escolas estaduais que tiverem interesse. O tema escolhido pelos alunos, para o segundo semestre, foi “Maus-tratos aos animais”.

Durante os próximos encontros, será apresentada a Lei Federal 9.605, que prevê punições penais e administrativas aqueles que tiverem condutas ou realizarem atividades lesivas ao meio ambiente, inclusive aos animais. Além dele, a idealizadora do projeto mostrará outras legislação da área como o artigo 29 do Decreto Federal nº 6.514, que estipula uma multa de R$ 500 a R$ 3 mil para o indivíduo que praticar abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos.

As unidades escolares, sejam públicas ou privadas, interessadas em saber mais sobre o assunto podem escrever um e-mail para educacao.ambiental@londrina.pr.gov.br ou telefonar para 3372-4769 ou 3372-4768, de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h. É possível agendar uma visita no mesmo telefone.

Ana Paula Hedler/NC/PML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.