Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Entre os dias 31 de agosto e 4 de setembro, o projeto “A Mata Atlântica é aqui – exposição itinerante do cidadão atuante”, da Fundação SOS Mata Atlântica, retornará à cidade de Londrina (PR). Durante cinco dias, o caminhão, totalmente adaptado pela ONG, estará estacionado no Parque Municipal Arthur Thomas (Rua da Natureza, 155, Jardim Piza) para promover atrações gratuitas com a população. O objetivo é levar mais informações sobre a Mata Atlântica, o Bioma mais ameaçado do país. O projeto estará aberto das 11h às 16h no primeiro dia e das 10h às 16h nos demais. A iniciativa conta com o patrocínio de Bradesco Cartões, Natura e Volkswagen Caminhões e Ônibus, e apoio local da Secretaria Municipal do Ambiente.
 
Esta não é a primeira visita a Londrina. A cidade já o recebeu em julho de 2009, durante seu primeiro ciclo anual. Atualmente, a exposição está em seu terceiro ciclo, com novo layout e atividades que destacam o relacionamento que as pessoas têm com o meio ambiente, mesmo em grandes cidades, e que incentivam a adoção de pequenas ações importantes para a conservação da Mata Atlântica. O projeto teve início em maio de 2009 e, desde então, mais de 80 cidades brasileiras já o receberam. Neste novo ciclo, o projeto passará por 43 cidades das regiões sul, sudeste e centro-oeste. Depois de Londrina, o caminhão seguirá para Cascavel (PR). 

SERVIÇO

Projeto:A Mata Atlântica é Aqui - Exposição Itinerante do Cidadão Atuante.
Realização:Fundação SOS Mata Atlântica.
Data:de 31 de agosto a 4 de setembro de 2011.
Local: Parque Municipal Arthur Thomas – Rua da Natureza, 155, Jardim Piza – Londrina (PR).
Horários:Dia 31/8, das 11h às 16h e de 1º a 4/9, das 10h às 16h.
Informações:www.sosma.org.br ou itinerante@sosma.org.br.
Telefone:(11) 3262-4088 ramal 2218.
Todas as atividades são gratuitas e abertas ao público em geral.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios