Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Instituições de ensino apresentaram projetos sobre educação ambiental na 16ª edição do Londrina Matsuri

Quatro escolas municipais e um Centro Municipal de Educação Infantil apresentaram projetos sobre educação ambiental na 11ª mostra e 9º concurso “Meio Ambiente Melhores Práticas”, que integrou a programação do 16º Londrina Matsuri, ocorrido entre os dias 6 e 9, no Parque de Exposições Governador Ney Braga. A iniciativa buscou apresentar projetos voltados para a preservação do meio ambiente. A Escola Municipal Maestro Andrea Nuzzi foi a campeã com o projeto CAMTU: Coração, Ação, Mãos, Transformação e União para mudar o mundo. A vencedora recebeu de premiação uma caixa de som amplificada e um troféu de primeiro lugar.

O CMEI Laura Virgínia de Carvalho Ribeiro ficou na segunda colocação com o projeto Sala da Natureza. Em seguida ficou a Escola Municipal Maria Irene Vicentini Theodoro, com Londrina e terras indígenas: Semeando saberes e partilhando sementes. A segunda e terceira colocada receberam troféus e todas as unidades escolares que participaram do concurso receberam um certificado de participação concedido pela organização do Londrina Matsuri. Também participaram a Escola Municipal Santos Dumont, com o projeto Horta Suspensa: reaproveitamento de materiais e a escola Joaquim Vicente de Castro, com o Empreendedorismo Sustentável. Os avaliadores foram os professores do Grupo Atopp.

Para a integrante do Apoio Pedagógico de Ciências da Secretaria Municipal de Educação, Cristina Borba, o concurso é muito importante, pois, além de divulgar os projetos em prol do meio ambiente, envolve a comunidade como um todo. “O público que foi ao Londrina Matsuri foi bem receptivo com os projetos, pararam pra ver o que tem sido feito, passaram a conhecer, e muito deles se interessaram para realizar isso nas suas casas. Iniciativas como essa trazem benefícios para toda a comunidade”, afirmou.

O 16º Londrina Matsuri foi promovido pelo Grupo Sansey e contou com apoio da Prefeitura de Londrina, Sociedade Rural do Paraná, SESI, SENAI, FIEP, SESC/Fecomércio, Emater e UEL, e foi patrocinado pela Itaipu Binacional, Copel, Sanepar, Unimed Londrina, Boulevard Londrina Shopping, Disfranco, Midiograf e Drogamais.

Campeã

O projeto vencedor da Escola Municipal Andrea Nuzzi busca a conscientização e transformação do meio ambiente com ações simples, em prática diária e integrando todo o conteúdo pedagógico – com interdisciplinaridade entre artes, ciências, geografia, história, português e matemática – dos alunos de 3º, 4º e 5º ano, durante o período letivo. O CAMTU apresenta algumas pesquisas, cuidados com jardim e horta, reaproveitamento de pneus, reutilização de tampinhas plásticas em um mosaico, aulas de campo com profissionais especializados, confecção de sabão, cultivo de café, além de ações na comunidade externa como a limpeza da praça e plantio de árvores nas intermediações da escola.

De acordo com a professora e idealizadora do projeto, Louana de Castro, além de desenvolver o interesse pelo cuidado com o meio ambiente com as crianças, a comunidade externa também é impactada pela iniciativa. “Até ano passado nós só trabalhávamos com as crianças do 3º ano, e eu percebia que as crianças que não participavam tinham muito interesse no projeto, e hoje trabalhamos com o 4º e 5º ano também. Além de fomentar esse interesse na conscientização do meio ambiente nos alunos, os pais colaboram bastante, principalmente, na ajuda com as floreiras e canteiros. Então é um projeto que traz benefício para a comunidade inteira”, destacou.

A Escola Municipal Maestro Andrea Nuzzi, atende hoje 180 crianças, de 6 a 11 anos, do 1º ao 5º ano do ensino fundamental, e está localizada na Rua Suécia, 67, no Jardim Igapó.

N.Com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.