Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Asimp/Seil/PR

As obras da Secretaria de Infraestrutura e Logística agora seguem um novo padrão ambiental, que começam antes do licenciamento e seguem até o pós-obras. O novo modelo, que busca minimizar ao máximo os impactos sobre o meio ambiente, foi apresentado pela equipe técnica da Secretaria durante o 17º Encontro Técnico Departamento de Estradas de Rodagem (DER/PR), que aconteceu em Curitiba, promovido pela Associação dos Engenheiros do DER (Aeder), em parceria com a Secretaria de Infraestrutura.

"O Estado está quebrando os paradigmas sobre meio ambiente, fazendo obras em rodovias, portos, aeroportos e edificações que busquem a sustentabilidade ", disse o secretário de Infraestrutura, José Richa Filho, ao abrir o encontro para mais de 200 engenheiros.

O engenheiro da assessoria ambiental do DER, Marco Ziliotto, explica que a atual gestão está fazendo com que o tópico ambiental seja pensado no planejamento das obras. Antes mesmo do projeto ser licitado há a participação direta da Secretaria de Meio Ambiente, bem como de suas autarquias. Esta medida tem evitado com haja problemas ambientais, que precisam ser mitigados após a conclusão da obra.

O resultado é que atualmente o Estado está emitindo anualmente mais de 26 mil licenças ambientais, seja para obras públicas e privadas, contra os 5 mil emitidos pela gestão passada. A agilidade, explica o engenheiro, não representa e falta de cuidados. Para tornar o processo permanente, foi criado uma comissão, entre a Secretaria de Infraestrutura e a de Meio Ambiente, que está trabalhando integrada na questão de meio ambiente e obras públicas.

"Temos uma equipe muito bem preparada e especializada. Com isto, conseguimos um trabalho de qualidade e eficácia, além de o meio ambiente ser visto como algo bom dentro da engenharia", disse o engenheiro Ziliotto.

Participantes
 
A importância do encontro foi discutida com os participantes do evento. A engenheira civil do DER de Cascavel, Renata Beltor, explica que é uma grande chance para todos os profissionais da área se atualizarem. "É muito importante um evento desses para que possamos nos atualizar e nos qualificar ainda mais na área. E o meio ambiente faz parte desse processo, por ter grande importância", disse Beltor.

O engenheiro civil e gerente nacional de vendas da Projar - empresa ambiental, Éder Tavares, fala da importância de estar em um evento desses. "É a primeira vez que participamos desse encontro e estamos muito satisfeitos. Percebemos a importância que a sustentabilidade e o meio ambiente têm para o Governo do Paraná", disse Tavares.

Evento
 
Além da área ambiental, o 17º Encontro Técnico DER/PR, mostrou aos participantes diversas novas tecnologias na execução de serviços referentes a pavimentação de rodovias, drenagem e rejuvenescimento do asfalto.

Estavam no encontro o secretário de Infraestrutura, José Richa Filho; o diretor-geral do DER, Nelson Leal Junior; o superintendente da regional Leste do DER, Sérgio Moreira Gomes; o diretor-geral da secretaria de Infraestrutura, Aldair Wanderlei Petry; o diretor técnico do DER, Amauri Medeiros Cavalcanti; o diretor de operações do DER, Gilberto Pereira Loyola; o diretor administrativo do DER, Elbio Gonçalves; o engenheiro do DER, Octavio José Silveira da Rocha e o presidente da Associação dos Engenheiros do Departamento de Estrada e Rodagem (Aeder), Rui Assad.

O evento é promovido pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e pela Associação dos Engenheiros do Departamento de Estrada e Rodagem (Aeder).

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios