Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Asimp/Seil/PR

As obras da Secretaria de Infraestrutura e Logística agora seguem um novo padrão ambiental, que começam antes do licenciamento e seguem até o pós-obras. O novo modelo, que busca minimizar ao máximo os impactos sobre o meio ambiente, foi apresentado pela equipe técnica da Secretaria durante o 17º Encontro Técnico Departamento de Estradas de Rodagem (DER/PR), que aconteceu em Curitiba, promovido pela Associação dos Engenheiros do DER (Aeder), em parceria com a Secretaria de Infraestrutura.

"O Estado está quebrando os paradigmas sobre meio ambiente, fazendo obras em rodovias, portos, aeroportos e edificações que busquem a sustentabilidade ", disse o secretário de Infraestrutura, José Richa Filho, ao abrir o encontro para mais de 200 engenheiros.

O engenheiro da assessoria ambiental do DER, Marco Ziliotto, explica que a atual gestão está fazendo com que o tópico ambiental seja pensado no planejamento das obras. Antes mesmo do projeto ser licitado há a participação direta da Secretaria de Meio Ambiente, bem como de suas autarquias. Esta medida tem evitado com haja problemas ambientais, que precisam ser mitigados após a conclusão da obra.

O resultado é que atualmente o Estado está emitindo anualmente mais de 26 mil licenças ambientais, seja para obras públicas e privadas, contra os 5 mil emitidos pela gestão passada. A agilidade, explica o engenheiro, não representa e falta de cuidados. Para tornar o processo permanente, foi criado uma comissão, entre a Secretaria de Infraestrutura e a de Meio Ambiente, que está trabalhando integrada na questão de meio ambiente e obras públicas.

"Temos uma equipe muito bem preparada e especializada. Com isto, conseguimos um trabalho de qualidade e eficácia, além de o meio ambiente ser visto como algo bom dentro da engenharia", disse o engenheiro Ziliotto.

Participantes
 
A importância do encontro foi discutida com os participantes do evento. A engenheira civil do DER de Cascavel, Renata Beltor, explica que é uma grande chance para todos os profissionais da área se atualizarem. "É muito importante um evento desses para que possamos nos atualizar e nos qualificar ainda mais na área. E o meio ambiente faz parte desse processo, por ter grande importância", disse Beltor.

O engenheiro civil e gerente nacional de vendas da Projar - empresa ambiental, Éder Tavares, fala da importância de estar em um evento desses. "É a primeira vez que participamos desse encontro e estamos muito satisfeitos. Percebemos a importância que a sustentabilidade e o meio ambiente têm para o Governo do Paraná", disse Tavares.

Evento
 
Além da área ambiental, o 17º Encontro Técnico DER/PR, mostrou aos participantes diversas novas tecnologias na execução de serviços referentes a pavimentação de rodovias, drenagem e rejuvenescimento do asfalto.

Estavam no encontro o secretário de Infraestrutura, José Richa Filho; o diretor-geral do DER, Nelson Leal Junior; o superintendente da regional Leste do DER, Sérgio Moreira Gomes; o diretor-geral da secretaria de Infraestrutura, Aldair Wanderlei Petry; o diretor técnico do DER, Amauri Medeiros Cavalcanti; o diretor de operações do DER, Gilberto Pereira Loyola; o diretor administrativo do DER, Elbio Gonçalves; o engenheiro do DER, Octavio José Silveira da Rocha e o presidente da Associação dos Engenheiros do Departamento de Estrada e Rodagem (Aeder), Rui Assad.

O evento é promovido pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e pela Associação dos Engenheiros do Departamento de Estrada e Rodagem (Aeder).

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.