Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Apreciadores de aves das mais diversas cores e cantos podem regulamentar a criação de seus animais no Paraná. Com a portaria do IAP nº 174/2015, publicada ontem (26), o Estado é um dos primeiros do País a estabelecer normas, critérios e procedimentos próprios para a gestão da criação amadorista de pássaros da fauna nativa.

A atividade era gerenciada e regulamentada pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Ibama). O IAP passou a ser responsável pela gestão da fauna no Paraná após a Lei Complementar Federal nº 140/2011 e o termo de cooperação técnica firmado entre as instituições ambientais. A partir dessas regulamentações, o Ibama reapassa todas as atividades de gestão de fauna para o IAP, que vem se estruturando para atender as demandas do segmento.

Para isso, o Instituto Ambiental do Paraná promoveu uma série de reuniões com representam de criadores, ambientalistas e profissionais da área e com técnicos do Ibama, com o objetivo de regulamentar a questão.

“Nós trabalhamos em conjunto com todos os setores que de alguma forma lidam com a criação legal de pássaros silvestres no Estado para desenvolver uma grande política pública que inibisse o tráfico de animais” disse o presidente do IAP, Luiz Tarcísio Mossato Pinto. “Nossa intenção é trabalhar para incentivar a reprodução de animais nativos da nossa fauna, principalmente daqueles que estão ameaçados de extinção, para que possamos dar continuidade a essas espécies”, explicou.

A portaria tem como objetivo específico regulamentar em âmbito estadual a criação amadora de passeriformes (pássaros) da fauna nativa, contemplando as atividades de criação, reprodução, manutenção, treinamento, exposição, transporte, transferências, aquisição, guarda e depósito.

As normas estaduais são mais restritivas em alguns critérios e garantem maior controle sobre a criação, transferência e transporte.

Asimp/IAP
 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.