Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Represa Capivara, que banha municípios da Região Norte, está com o menor nível de água de sua história, com cerca de 10% . O deputado Cobra Repórter (PSD) voltou a cobrar providências da empresa GTC do Brasil, responsável pela usina Hidrelétrica Capivara, e está em diálogo com o secretário Estadual do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, para buscar uma solução.

"Queremos providências urgentes, já estamos solicitando ao Ministério Público que também intervenha nesta situação. Segundo informações, em agosto o nível da represa, que já era baixo, estava em 51,8 % da capacidade, agora são pouco mais de 10%. Os prejuízos para os ribeirinhos, os piscicultores e os empreendimentos de turismo são enormes. Sem contar o prejuízo ambiental. Estamos chegando na piracema e, com este nível, como é que os peixes vão se reproduzir?", questiona o deputado.

O deputado destacou que está em contato com o secretário Márcio Nunes, o Ministério Público do Paraná e lembra que já aprovou na Assembleia Legislativa dois requerimentos solicitando providências à empresa responsável pela hidrelétrica, sem que nenhuma providência fosse tomada.

"É um desrespeito, não há norma que permita absurdo como este. Entendemos a estiagem, mas as chuvas já voltaram há um tempo, a empresa precisa se explicar. Não vamos mais aceitar isso!", enfatiza o deputado.

Meire Bicudo e Veruska Barison/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.