Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O governador Beto Richa lançou ontem (10), como parte da comemoração da Semana Mundial do Meio Ambiente, o programa Parques do Paraná, que irá estimular o turismo nas unidades de conservação do estado, para ampliar a preservação e promover o desenvolvimento sustentável. O lançamento foi no Parque Estadual Pico Marumbi, na Serra do Mar. Na solenidade, realizada na Estação Marumbi, Richa também inaugurou as obras de restauro do conjunto arquitetônico e melhoria da infraestutura do Parque Marumbi.

“O Parques do Paraná visa um melhor cuidado e uma programação nas unidades de conservação do nosso estado para garantir o desenvolvimento socioeconômico sustentável, que gera empregos e renda à nossa população”, afirmou o governador Beto Richa. “Ao mesmo tempo, com visita controlada e ordenada, poderemos fortalecer nas pessoas O sentimento de preservação do ambiente onde vivemos”, disse ele.

Richa enfatizou que o programa representa um grande avanço na preservação ambiental e no turismo. “O programa envolve as comunidades locais e irá gerar emprego, renda e o desenvolvimento econômico no entorno destes parques. É abrangente, pois com programas de educação ambiental propiciará às pessoas aproveiratrem esse novo momento das unidades de conservação”, disse ele.

O governador disse que o lançamento do Parques do Paraná faz parte de outras importantes iniciativas tomadas pelo governo estadual na Semana do Meio Ambiente. Com três decretos assinados na semana passada, Richa ampliou o número de municípios beneficiados com o ICMS Ecológico, regulamentou o Pagamento Por Serviços Ambientais (PSA) e criou o programa de revitalização do Rio Iguaçu.

Com a comunidade

Com o Parques do Paraná, o governo estadual irá melhorar a infraestrutura das unidades de conservação, articular com os municípios ações para melhor receber os turistas e estudar modelos de gestão para cada unidade. Um dos grandes focos é estabelecer com a comunidade do entorno vínculos de parceria para geração de renda e de cuidados com os parques.

“A iniciativa vai estimular a visitação em nossas áreas naturais do Paraná para criar um vínculo maior das pessoas com a natureza, estimular boas práticas e boas experiências de vivência junto à natureza e à educação ambiental”, disse o secretário estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Ricardo Soavinski.

“Do ponto de vista turístico, o programa irá gerar emprego, renda, oportunidades de novos negócios para a população do entorno. Os visitantes e as comunidades próximas passam a ser aliados dos parques, ampliando o comprometimento social e com a conservação”, explicou.

Primeira etapa

O projeto envolve várias áreas do Governo, especialmente o Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e as secretarias do Turismo e Esporte, do Planejamento e da Administração. Das 68 Unidades de Conservação, 29 são abertas aos turistas. Em 2014 elas receberam cerca de 356 mil visitantes.

Para a primeira etapa do Parques do Paraná foram selecionados 14 unidades: Duas são da Serra do Mar: Pico Marumbi e Pico Paraná. Da Região Metropolitana de Curitiba são os parques Serra da Baitaca, em Piraquara e Quatro Barras, e Parque do Monge, na Lapa. Dos Campos Gerais: Vila Velha, em Ponta Grossa; Guartelá, em Tibagi, e Cerrado, em Jaguariaíva e Sengés. Do Litoral, as unidade selecionadas para esta primeira etapa são os parques Rio da Onça, em Matinhos, e Ilha do Mel. Do Norte, a Mata dos Godoy, em Londrina. No Vale da Ribeira (RMC) a unidade selecionada é Campinhos, em Cerro Azul e Tunas do Paraná. Da região Noroeste, os parques Amaporã, do município de Amaporã, e Lago Azul, de Campo Mourão. Do Oeste, o parque de São Camilo, em Palotina.

Bem preparados

O presidente do IAP, Luiz Tarcísio Mossato Pinto, explicou que o Parques do Paraná inclui-se nas propostas do governo Beto Richa de fazer melhorias nas Unidades de Conservação do estado. “Hoje temos a oportunidade de entregar a primeira obra do Parque Marumbi, assim como fizemos várias obras no Parque do Monge, na Lapa, e entregamos um parque em Pato Branco, com investimento de mais de R$ 5 milhões”, disse Tarcísio.

Além de parques bem preparados, o programa quer os municípios também preparados para receber os visitantes, com pousadas, restaurantes e toda a infraestrutura receptiva. "Temos em torno de R$ 30 milhões de compensação ambiental que serão aplicados nesse conjunto de parques e outras unidades de conservação do Estado. Vamos buscar também recursos privados, em linhas de financiamento, para realizar as melhorias necessárias das cidades”, explicou o secretário Soavinski.

Serão ações como capacitação de guias, condutores e do pessoal que trabalha com turismo, trilhas bem feitas, bem sinalizadas, segurança, centros de visitantes, programas de educação ambiental e serviços de alimentação.

Empreendedorismo

A Secretaria do Turismo ficará responsável pela articulação com os municípios e a população do entorno dos parques em ações de empreendedorismo voltadas ao atendimento dos visitantes, como hospedagem, gastronomia e outras atividades que possam gerar renda. “Além da questão do respeito ao meio ambiente, o programa possibilita uma parceria para o desenvolvimento econômico no entorno destes parques. Este é o nosso papel como fomentadores do turismo”, afirmou o secretário estadual do Turismo e Esporte, Douglas Fabrício.

Presenças

Participaram do lançamento da solenidade o presidente do Águas Paraná, Everton da Costa Souza; o diretor do Instituto de Terras, Cartografia e Geociências (ITCG), Amílcar Cabral; a gerente de licenciamento ambiental da Rumo ALL, Renata Ramalho; o presidente da Serra Verde Express, Adonai Aires de Arruda, além de representantes de ONGs ambientais.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.