Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente realizou aplicações em rios urbanos do produto que combate os borrachudos (larvicida BTI (Bacillus thuringiensis var. Israelensis), sendo que as nascentes se originam em grandes bairros de Rolândia. Em conjunto com a grande estiagem, formaram novos focos do mosquito Borrachudo. Segundo o Secretário da pasta Anderson Buss Cardoso, a ação preventiva foi importante visto que “a preocupação atual junto com a poluição difusa (poluição antrópica, gerada por ligações de esgoto clandestinas em galerias pluviais, lixos, etc). Foi formada uma equipe que também acompanhou o levantamento, pelo Servidor Miguel Nogueira e pelos demais Servidores, Matheus, Marcos, Luan e Wanderlei. Importante o conhecimento de todos, pois um trabalho como este, de controle de endemias deve ser feito por várias mãos e braços”, destaca.

Além destes pontos, atualmente a Secretaria de Meio Ambiente fornece o BTI para aplicação realizada por parceiros residentes em áreas próximas a área urbana e sítios e chácaras, lembrando que o Borrachudo pode deslocar-se em até 5km do ponto do seu nascimento. O produto que combate o borrachudo foi aplicado em 92 pontos. Foram percorridos mais de 3 km nestes rios, efetuando marcações de aplicações com o acompanhamento do Técnico de Saneamento e Endemias Aparecido Santana e do Secretário de Meio Ambiente e também Biólogo Anderson Buss Cardoso. Assim, rios nas áreas urbanas como o Córrego Marabu, Córrego Maracanã, Córrego Peru, Ribeirão Vermelho receberam aplicações do larvicida BTI (Bacillus thuringiensis var. Israelensis), que combate o borrachudo.

Asimp/PMR

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios