Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Secretaria Municipal do Ambiente (SEMA) realizou, ontem (29), a segunda convocação de projetos selecionados para participarem do Programa Municipal de Incentivo ao Verde (Proverde). Dois novos projetos relacionados a preservação, cuidado e educação ambiental passarão a receber incentivos do programa.

Os trabalhos convocados são o de “Agricultura Orgânica – Ampliando Horizontes no Norte do Paraná”, da Associação Terra Roxa, e o de “Compostagem e Reciclagem nas Creches”, do Centro de Educação Infantil Governador José Richa. Juntos, os dois projetos receberão quase R$ 35 mil em recursos do Fundo Municipal do Meio Ambiente (FMMA), que poderão ser captados durante oito meses, a partir de fevereiro.

Os projetos convocados têm trinta dias corridos para apresentar a documentação necessária à SEMA. A retirada de pareceres e orientações também deverá ser feita das 12 às 18 horas na sede da Secretaria, localizada na Rua da Natureza, 155, Jardim Piza.

Caso os representantes não se apresentem, serão considerados como desistentes, e o projeto será inabilitado. A lista de documentos necessários e outras informações estão disponíveis no edital nº 01/2018 da SEMA, que foi publicado na edição nº 3446 do Jornal Oficial do Município.

A secretária municipal do Ambiente, Roberta Queiroz, destacou a importância do Programa. “O Proverde proporciona a oportunidade de captação de recursos por entidades que já desenvolvem projetos de preservação ambiental, em especial aquelas que apresentam uma articulação com a SEMA e que possam trazer bons resultados”, contou.

Roberta também explicou que essa segunda convocação aconteceu por conta de desistência e não cumprimento de requisitos por parte de alguns projetos que haviam sido convocados. “Como essas vagas abriram, queremos oferecer essa oportunidade para outros projetos que já tinham manifestado interesse”, completou.

Sobre o Programa – O Proverde foi criado em 2015 com o objetivo de apoiar e incentivar projetos relacionados à conservação ambiental e à adoção de tecnologias e boas práticas ambientais, por meio de recursos financeiros, humanos, materiais e de infraestrutura.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios