Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.


A Secretaria Municipal do Ambiente (SEMA) está montando a agenda de eventos de educação ambiental: Biblioteca Móvel, cursos, palestras e a visita monitorada no Viveiro Municipal estão entre as principais atividades. Escolas municipais, grupos de idosos, professores, projetos e programas sociais, universidades, igrejas e outras instituições ou interessados podem entrar em contato para o agendamento prévio pelo e-mail educacao.ambiental@londrina.pr.gov.br ou pelo telefone (43) 3372-4769, de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h.

Biblioteca Móvel Ambiental- Um ônibus personalizado e adaptado com bancos, bancadas e com um acervo de livros, revistas, gibis, jogos e outros materiais informativos e educativos circula por diferentes regiões da cidade. Também oferece estrutura para vídeos, com DVDs que abordam temas ambientais diversos. Servidores e estagiários da SEMA, das áreas de geografia e pedagogia, participam das ações, ministrando palestras e abordagens lúdicas para o público infantil e adulto.

Iniciado em 2005, o projeto já atendeu quase 100 mil pessoas. Para a gerente de educação ambiental da SEMA, Queila Spoladore, o trabalho com a Biblioteca Móvel proporciona o acesso à informação, o que contribui para uma postura consciente sobre as questões de preservação e conservação do meio ambiente. “Os eventos promovem a sensibilização dos participantes e, por causa do espaço diferenciado, atrativo, há o estímulo pela temática ambiental e ainda o compartilhamento das informações. O feedback dos professores tem sido muito positivo, já que a Biblioteca Móvel oferece subsídios para que a discussão sobre o meio ambiente tenha continuidade também na sala de aula, posteriormente”, diz a gerente.

Em 2015, a SEMA atendeu 68 escolas municipais e mais de 5.000 pessoas na Biblioteca Móvel, a maior parte crianças de 8 a 11 anos. De acordo com a Secretaria, escolas nas áreas urbana e rural de Londrina, do 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental I, são as que mais solicitam as atividades. “É importante limitar em até 30 alunos para que haja mais qualidade no trabalho e nos atendimentos. Também solicitamos a presença do professor da turma, para que haja o melhor aproveitamento possível no aprendizado”, reforça Queila.

Agenda: de terça a sexta-feira no período da tarde. A partir de abril, o atendimento será ampliado também para o período da manhã.

Principais temas abordados: dengue, economia de água e de energia, consumo consciente, preservação ambiental (lixo, erosão, assoreamento, desmatamento, ação antrópica), reciclagem e cidadania.

Cursos e palestras- Além das atividades no veículo personalizado, a gerência de educação realizou 17 palestras e cursos em 2015, atendendo 622 pessoas, aproximadamente.
Agenda: no período da tarde, entre 13h30 e 17 horas. Tempo médio de duração entre 50 minutos e 1 hora.

Principais temas abordados: água, compostagem, arborização, aquecimento global, educação ambiental, dentre outros.

Visita monitorada no Viveiro Municipal- Há mais de 20 anos é realizada a produção de mudas de árvores e flores no Viveiro Municipal. Neste ano, a SEMA está começando um projeto de visitação para conhecimento das várias espécies, desde o processo de germinação até o plantio, as quais atendem o plano de arborização da cidade.

Agenda: no período da tarde, das 13h às 17 horas. Local: Final da Avenida Europa, Jardim Piza.

Roteiro da visita monitorada:

•    Apresentação dos monitores e do projeto
•    Explicação do percurso a ser realizado e do Viveiro Municipal
•    Processo de germinação até o plantio das árvores que serão usadas na arborização urbana e na recuperação de matas
•    Visita as estufas de árvores e flores
•    Visita ao arboreto: lugar onde se cultivam árvores, arbustos e plantas herbáceas para fins científicos e para exibição ao público (a partir de 9 anos)
•    Encerramento

N.Com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios