Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Ncom/PML

A fim de erradicar árvores consideradas condenadas e embaixo de linhas de baixa tensão, a Secretaria Municipal do Ambiente (Sema) firmou convênio na última quinta-feira (5), com a Companhia Paranaense de Energia (Copel). De acordo com o secretário municipal da pasta, Gilmar Domingues, o objetivo é a diminuição de custos e aceleração nos atendimentos populacional, visto que muitas árvores apresentam risco de cair.
 
O contrato prevê erradicação de 1.500 árvores, orçada no valor de R$ 85,22 (cada unidade) e doação de duas mudas com aproximadamente dois metros de altura, próprias para plantio em áreas urbanas. “A Copel depositará o valor nos cofres do município, em contrapartida, cabe a Sema efetuar o serviço com seus 22 funcionários e plantar uma árvore ao lado da erradicada”, explicou. “Será respeitado à fila de solicitações existente desde 2008. No entanto, em caso de urgências, o cronograma poderá ser alterado”, acrescentou o secretário da Sema.  
 
Domingues explicou que serão erradicadas somente as árvores que apresentarem um laudo técnico. “Tudo será feito respeitando as leis ambientais. A Sema conta hoje com mais ou menos três mil processos de solicitação para este serviço específico. Com esta parceria de um ano, boa parte da demanda será atendida”, disse. O mesmo será feito com o plantio das árvores. “Além de atender a população, vamos colocar uma árvore no lugar da que foi retirada e, ainda, temos mais uma para trabalharmos nos locais em que haja necessidade de plantio", informou.
 
As galhadas das árvores serão levadas para a Central de Tratamento de Resíduos (CTR). Já a madeira retirada vai para um depósito específico da Sema. O valor total arrecadado pelo município será destinado para investimentos do próprio setor. “Vamos investir na aquisição de ferramentas e maquinários, pensando no fortalecimento do setor”, ressaltou Gilmar Domingues, secretário municipal do Ambiente.   

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios