Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Comissão de Assessoria Técnica da Secretaria Municipal do Ambiente (Sema) vai multar em R$ 100 mil a empresa responsável por poluir o Ribeirão Lindóia (Lago Norte), localizado na região norte de Londrina. A decisão foi tomada em reunião ocorrida na manhã desta quarta-feira (dia 3). Após o recebimento do auto de infração, a empresa terá o prazo de 20 dias para apresentar defesa.

A penalidade foi baseada no termo de vistoria, datado em 29 de janeiro, que apontou que a indústria foi responsável pelo escoamento do produto químico lauril éter sulfato em galerias pluviais, atingindo o Lago Norte e provocando uma imensa camada de espuma.

O gerente de fiscalização da Sema, Luiz Campanhã Filho, informou que para definir a penalidade, a comissão considerou alguns aspectos. Um deles foi que a empresa não comunicou o ocorrido prontamente aos órgãos ambientais, conforme determina o artigo 188 do Código Ambiental de Londrina (lei 11.471/2012).

Segundo ele, para determinar o peso da infração e o valor da multa foram consideradas a extensão do dano, as circunstâncias em que o fato ocorreu, a possibilidade de recuperação do ambiente e a capacidade econômica do infrator.

Núcleo de Comunicação/PML 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.