Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Você conhece o Leicester? O tradicional clube inglês, comprado por um magnata tailandês dono de uma rede de lojas que vendem produtos mais baratos em aeroportos, surpreendeu o mundo ao conquistar pela primeira vez o badalado Campeonato Inglês. O time não conta com nenhum jogador de “nome” e tem como técnico o experiente italiano Claudio Ranieri. Mas o que o Leicester tem a ver com o Londrina? Além do azul (mais escuro) e branco, começar com a letra “L” e ter um técnico com nome de Cláudio? O Fator surpresa.

Mesmo sem contratar “aqueles” jogadores sonhados pela torcida, o elenco do Londrina atual tem alguns jogadores de “nome”. Aqueles que passaram por grandes clubes do futebol brasileiro: Germano, Keirrisson, Jumar, Itamar em um patamar e outros como Netinho e Leílson, com passagens por clubes médios do país.

No elenco, jogadores com uma certa rodagem como Batata, Paulinho e Diogo Roque dão um tempero extra ao se unirem aos mais jovens como Bidia, Wellisson e Raí Ramos. Dos reforços sonhados, ninguém veio até aqui. Nomes desconhecidos estão sendo garimpados e, estes sim, devem chegar. A aposta é numa boa largada, afinal, dos seis primeiros jogos, quatro serão em casa. E partir daí obter embalo e gordura para ir adiante.

Claro que a Série B tem um nível diferente para o LEC enfrentar. Vasco, Goiás e Bahia tem elencos caros. O salário de Hernane Brocador no Bahia ou Nenê do Vasco paga praticamente metade da folha de pagamento do Londrina. Vários figurões do futebol vão jogar a competição e muitos elencos serão alterados ao longo do certame. Evidente que o torcedor está preocupado, e com razão, afinal, voltar a Série B foi tão difícil e até inimaginável em certos momentos e o que não se quer e voltar para a C em 2017.

Pode ser o Londrina o Leicester da Segundona? Sim. O torcedor terá de ter paciência e “fechar” com o elenco, para criar um clima de confiança e assim empurrar o time. Para que isso ocorra, o plantel precisa mostrar, no campo de jogo, que pode ser a “boa surpresa” e conquistar, de vez, o público da cidade.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios