Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Papo de Esporte 11/07/2013  09h38

O Brasil acordou!

Chamado de ultrapassado, rabugento e turrão, Felipão provou que, quando tem o grupo nas mãos, é imbatível. Eu que tanto critiquei o péssimo e desorganizado trabalho de Mano Menezes a frente da Seleção Brasileira tenho que escrever algumas palavras de elogio ao comandante brasileiro.

O título da Copa das Confederações veio com um método simples no futebol: cada um na sua. Neymar brilhou porque teve liberdade, Oscar jogou para o time o tempo todo, os laterais primeiro defenderam para depois apoiar, Paulinho foi segundo volante, ou seja, primeiro na defesa e quando saiu para o jogo mostrou todo seu talento e muito mais. A equipe teve padrão, ganhou corpo e confiança durante a competição e, sobretudo, entrava em campo sabendo quem era o adversário e o que poderia fazer para detê-lo. Méritos de Felipão. Louros também para Carlos Alberto Parreira, que mesmo sem aparecer tanto, foi fundamental no processo.
 
Foram seis vitórias seguidas (uma no amistoso contra a França e cinco durante a Copa), sendo apresentações maísculas e convicentes em todos os jogos. Fazer quatro gols na Itália, não levar sufoco do Uruguai e pôr a Espanha na roda não é para qualquer time do mundo. E o Brasil sobrou. Título justo, merecido. Melhor ataque e a melhor defesa. Por mais que alguns ainda não confiem no time, dá para sonhar com a conquista do hexa. Basta o Felipão manter o grupo titular, claro que mudanças podem acontecer, por má fase ou contusão, mas finalmente a Seleção tem um norte. O Brasil volta por cima ao mapa da bola e ganha respeito.
 
Alemanha, Inglaterra, Espanha e Argentina serão, em princípio, os concorrentes mais fortes, contudo, o Brasil tem tudo para, com o apoio da torcida que deu show dentro das Arenas, comandar a festa no Maracanã em 2014. E palmas para o povo brasileiro que acordou fora dos campos e está ajudando a construir um país menos desigual e cobrando as autoridades. 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios