Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Parabéns, Londrina EC! 60 anos bem vividos, com emoções, alegrias, decepções, tristezas, vergonhas, conquistas, glórias....como deve ser a trajetória de uma agremiação grande e valorosa. Vida longa ao Tubarão! Clube que "és o orgulho de uma cidade, que se formou na era do café"! Passa um filme na cabeça para recordar os momentos marcantes que eu tive nesse tempo acompanhando o tubarão.

 Fui um dos 37 pagantes no menor público da história do LEC, Copa JH 2000, derrota por 2x0 para o Marcilio Dias, VGD. Trabalhei na conquista da Copa PR em Cianorte, daquele que era ridicularizado como "time de anões". Mas a maior emoção, quem diria, foi o pênalti perdido do Cristiano do Maringá, em 2014! Campeão Paranaense! Isso só para lembrar alguns momentos.

Quem é o maior ídolo? Qual a contratação mais bombástica? Qual o jogador que mais decepcionou? Qual a maior decepção em termos de resultado? Jogar no Café ou no VGD? Número vermelho nas camisas? Camisa branca, listrada ou toda azul celeste? Terceiro uniforme preto ou em outra cor vale ser adotado em jogos oficiais? Perguntas que cada um tem seu modo de avaliar e que geram muita discussão nas rodas de conversa.

Sergio Malucelli merece um busto no Café, assim como Jacy Scaff, Franchello, Pagani, Iran, Jurandir Barroso e Garrote. Cada um, no seu tempo, fez do Londrina um time que deu orgulho. Outros dirigentes também fizeram muito e merecem elogios! E o patrimônio maior, a torcida! Sem ela, o Dr. Reginaldo Melhado, que também merece honras, não teria sido o "salvador" do clube! Vida longa e felicidades. "Caçula gigante nasceste e hoje és o destemido Tubarão!".

Guilherme Lima - Jornalista e radialista - Londrina - Pr.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios