Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Saíram vitoriosos estudantes de Londrina, Maringá, Arapongas, Santo Antônio da Platina, Cambé, Araucária, Quatro Barras e Francisco Beltrão

Cinco projetos consagraram-se vencedores da etapa paranaense do Prêmio Inova Senai Sesi. Apresentados no Campus da Indústria da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), em Curitiba, nos dias 9 e 10 de agosto, os 22 trabalhos que concorreram em cinco categorias foram idealizados e produzidos por alunos do Sesi e do Senai do Paraná.

Os estudantes das duas instituições receberam orientações de seus professores para atingir o nível adequado para concorrerem à premiação. A etapa nacional do projeto ocorre em Brasília, em novembro deste ano. “O Prêmio Inova Senai Sesi tem como principal objetivo incentivar e oportunizar o empreendedorismo e a inovação aos estudantes, características relevantes para o seu futuro profissional e para o crescimento da indústria”, destaca José Antonio Fares, superintendente do Sesi e do Senai no Paraná.

Para a gerente de Educação Profissional do Senai no Paraná, Rosane Lara, os projetos são um exemplo da importância do trabalho em sala de aula e da prática da docência. A premiação ocorreu durante a realização da Conferência Internacional de Educação Profissional, fato também destacado por Rosane, ao lembrar que, no evento, palestrantes de vários países comentaram sobre a importância da cooperação dentro de sala de aula. "Tudo o que é construído pelos alunos, com a orientação dos professores, são exatamente soluções necessárias para a indústria, que é a nossa razão de ser enquanto Sesi e Senai", diz.

Em seu discurso após a premiação, a gerente de educação do Sesi no Paraná, Lilian Luitz, parabenizou o esforço dos alunos das duas instituições pelo desenvolvimento de projetos inovadores para a indústria. "São competências diferentes, educação básica e educação profissional que fazem a mudança do aluno", destacou, sobre o trabalho conjunto entre Sesi e Senai.

Na opinião dos avaliadores, o prêmio motiva os alunos à inovação. Pedro Luiz Fernandes, vice-presidente da Novozimes, salientou que a importância do prêmio está no incentivo às novas ideias, que fomenta o empreendedorismo nos jovens. Ele destacou o trabalho das instituições, que, segundo ele, "tiram os alunos da zona de conforto e é disso que o Brasil precisa", disse.

Dirceu Puehler, coordenador do Instituto Robert Bosch, enfatizou o mesmo fator motivador do prêmio. Ele disse ainda que, quando se fala em tecnologia, é importante que haja jovens pensando no desenvolvimento delas, e não apenas em consumi-las. "O esforço é trazer para o Paraná a indústria 4.0, que é a de conectividade, mas é preciso ter pessoas para trabalhar nessa indústria para tirá-las de grandes centros urbanos".

Os projetos vencedores em cada uma das categorias:

 

Tecnologias educacionais Senai

Ouro

Aulas e relatos – compartilhando os saberes - unidade Senai Santo Antônio da Platina

Integrantes: Maria Letícia Barbosa e Gerson Martins Esteves

Prata

Maquete leiaute canteiro de obras - unidade Senai Maringá Zona 5

Integrantes: João Matheus Ramos e Everton de Oliveira

Tecnologias educacionais do Sesi

Ouro

Sinestesia – Colégio Sesi Londrina

Integrantes: Jaqueline Pedroso Mendes e Luana Arantes Cruz

Prata

Nutribank - o jogo do instrumento didático - colégio Sesi Arapongas

Integrantes: Nathan Muriel e Diogo da Silva

Tecnologias inclusivas Senai

Ouro

Dispositivo luminoso para deficientes auditivos e sinalizador de emergência – unidade Senai Campo Largo

Integrantes: Rodrigo Biernaski e Celso Wolski

Prata

Sensor de som para veículos conduzidos por deficientes auditivos – unidade Senai Santo Antonio da Platina

Iintegrantes: Aldemir Marques e Patrick Fernando Rodrigues

Qualidade de vida Sesi

Ouro

Reutilização de pneus no isolamento termoacústico – Colégio Sesi Araucária

Integrantes: Meiriane Nico e Eduardo da Silva Julio

Prata

Maquinando água – Colégio Sesi Cambé

Integrantes: Thiago Henrique de Oliveira Albino

Tecnologias industriais Senai

Ouro

Ciclone hidráulico para limpeza de reservatório de água - unidade Senai Francisco Beltrão

Felipe Simon e Marcelo Correggio

Prata

Calcinha descartável biodegradável – unidade Senai Quatro Barras

Integrantes: Thayna Favabello e Cristiane Adão

Informações Fiep

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios


Notice: Undefined variable: usuario_tk in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_footer.php on line 245
NULL