Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

A Assembleia Legislativa está unida e existe consenso entre a maioria dos deputados estaduais em não aceitar o novo modelo de concessão de rodovias no Paraná apresentado pelo Ministério da Infraestrutura. É a avaliação do deputado estadual Tercilio Turini, que participou hoje, 01, da audiência pública da Frente Parlamentar sobre Pedágio, com lideranças políticas, empresariais e comunitárias de Paranavaí e outros municípios do Noroeste do estado.

Turini reafirmou que a Assembleia defende licitação das concessões pelo menor preço de tarifa, sem outorga onerosa, sem degrau tarifário e sem novas praças de cobrança, além de início imediato das obras nas rodovias e total transparência nos contratos. “O modelo proposto pelo governo federal é muito ruim, vai sacrificar o setor produtivo e toda a população do Paraná por mais 30 anos”, ressaltou.

O deputado destacou também a necessidade de implantação do Pedagiômetro no início das novas concessões. “A lei estadual já está aprovada e precisa ser colocada em prática. É um instrumento para fiscalizar os contratos e informar aos paranaenses, em tempo real, quantos veículos passam nas praças de pedágio e quanto as concessionárias arrecadam com as tarifas”, disse Tercilio Turini.

“Não podemos errar. As atuais concessões foram apresentadas ao Paraná como um sonho lindo, mas se transformaram num pesadelo, num fardo pesado para todos”, alertou o deputado.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios