Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A história da auxiliar de enfermagem Angela Maria de Jesus, que na sexta-feira (12), enfrentou uma enxurrada para vacinar um idoso com mais de 90 anos contra a Covid-19 comoveu a todos e foi destaque nacional. O fato aconteceu na cidade de Porto Rico, Noroeste do Paraná, após a equipe de profissionais da saúde ser surpreendida pela forte chuva repentina em uma estrada rural.

Preocupada em não perder a dose da vacina, Angela não teve medo em atravessar a enxurrada escorada em uma cerca de arame.

A ação renderá à auxiliar de enfermagem uma Menção Honrosa e votos de louvor emitidos pela Assembleia Legislativa. A homenagem foi proposta pela deputada Maria Victoria (PP) e pelos deputados Soldado Fruet (PROS) e Cobra Repórter (PSD) e aprovada por todos os deputados estaduais.

"Fiz questão de propor que a Assembleia Legislativa do Paraná confira o certificado de Menção Honrosa à auxiliar de enfermagem Ângela Maria de Jesus, pelo excelente trabalho que ela vem desempenhando na vacinação de idosos na zona rural de Porto Rico’, disse a deputada Maria Victoria. “Ângela faz jus ao seu nome, e tem sido um verdadeiro anjo da guarda para os idosos daquela região, como demonstrou na sexta-feira. Verdadeira heroína da pandemia, sua história correu o mundo, e ela mostrou ser um exemplo de perseverança, empatia e senso de cumprimento do dever. Nada mais justo do que receber esta homenagem da nossa Casa de Leis”, completou a deputada

"A menção honrosa para a Angela representa minhas homenagens e minha gratidão a todos aqueles que dia após dia enfrentaram o coronavírus para seguir com seus trabalhos, essenciais à sobrevivência do resto da humanidade”, explicou o deputado Soldado Fruet. “Essa vacina, ao ter seu frasco aberto, precisa ser aplicada em até seis horas, sob o risco de ser descartada. Hoje, uma dose da vacina é um troféu exibido por aqueles que a ela tem acesso, pois é a esperança de dias melhores, a tão sonhada esperança da imunidade”, destacou o deputado.

Soldado Fruet lembra que durante a pandemia, muita gente não deixou de trabalhar nem um minuto, expondo-se aos riscos da doença, contraindo o vírus, muitos se recuperando e muitos perdendo a luta para o coronavírus. “A essas pessoas devemos nossa maior gratidão: médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, policiais civis e militares, motoristas e cobradores de ônibus, auxiliares de limpeza, garis, enfim, tantas profissões que sem as quais o mundo teria parado”, detalhou.

 “A Angela é um exemplo de que a enfermagem não mede esforços para cuidar da nossa população. A sua atitude representa a responsabilidade de toda uma classe, em especial, nesta época de pandemia, e ressalta ainda mais a importância dessa nobre profissão”, concluiu o deputado Cobra Repórter.

ALEP

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.