Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados realiza audiência pública nesta quinta-feira (23) para discutir o novo modelo de concessão de rodovias no Paraná e os preços dos pedágios.

O debate atende a requerimento do deputado Roman (Patriota-PR). "Atualmente, o Paraná discute o novo contrato de concessão das rodovias, apresentado pelo Ministério da Infraestrutura e que deve durar 30 anos. O atual modelo vence em novembro", diz.

"Está sendo proposto um modelo de concessão onerosa que leva em conta o maior volume de obras, por meio de um sistema híbrido, que é de menor preço relativo. É previsto pequeno desconto, de apenas 12% entre as concorrentes, e se cria uma taxa de outorga. Ou seja, uma espécie de um imposto indireto que a concessionária teria que pagar ao governo federal", informa o deputado.

"Serão 3.327 quilômetros que ficarão sob responsabilidade da empresa vencedora da licitação, sendo prevista a duplicação de aproximadamente 1.700 quilômetros", ressalta Roman, que considera fundamental que a população seja ouvida e que qualquer decisão acerca da instalação de novas praças de pedágio respeite os interesses dos moradores, empresários e agricultores da região.

Foram convidados:
- o vereador de Cascavel (PR) Valdecir Alcântara;
- o diretor-presidente e de Engenharia e Obras da Empresa Concessionária de Rodovias do Norte S/A (Econorte), Luiz Eduardo Barros Manara;
- o presidente do Conselho de Administração da Ecorodovias, representando a Rodovias das Cataratas S/A (Ecocataratas) e a Ecovia Caminhos do Mar S/A, Marco Antônio Cassou.

Confira a lista de convidados.

A audiência está prevista para as 10 horas, no plenário 11. O debate terá transmissão interativa pelo portal e-Democracia.

Agência Câmara de Notícias

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.