Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Companhia Paranaense de Gás (Compagas) chegou em outubro à marca de 35 mil consumidores atendidos com gás natural no Paraná. A empresa tem hoje 34.749 consumidores do segmento residencial, 451 estabelecimentos comerciais atendidos, 165 clientes do setor industrial e 36 postos atendidos no segmento veicular, além de uma usina termelétrica - a Usina Termelétrica a Gás de Araucária. 

Representando 98% dos clientes da companhia, o segmento residencial é o destaque e a expectativa é que o número de residências atendidas com gás natural aumente. 

Já são cerca de 20 bairros beneficiados em Curitiba e a Compagas executa obras de expansão da rede residencial em Araucária e em Ponta Grossa. Em Ponta Grossa, a meta da empresa é concluir os cerca de seis quilômetros de rede de distribuição para atender, inicialmente, 600 apartamentos. Em Araucária, o projeto deve abastecer três condomínios do bairro Capela Velha, totalizando mil apartamentos. 

De acordo com a Compagas, entre as principais vantagens do gás natural estão o fornecimento contínuo e a segurança, sem a preocupação de manter estoque e o armazenamento de botijões, reduzindo os riscos de acidentes. 

SOBRE A COMPAGAS - Concessionária responsável pela distribuição de gás natural no Paraná, a Compagas é uma empresa de economia mista que tem como acionista majoritária a Copel, com 51% das ações, a Gaspetro, com 24,5%, e a Mitsui Gás e Energia do Brasil, com 24,5%. 

Em março de 2000, a empresa passou a ser a primeira distribuidora do Sul do País a fornecer o gás natural, com a inauguração do ramal sul do gasoduto Bolívia – Brasil (Gasbol). 

Atualmente, a Compagas conta com 35,4 mil clientes dos segmentos residencial, comercial, industrial, veicular e geração de energia elétrica e está presente em 17 municípios - Araucária, Curitiba, Campo Largo, Balsa Nova, Palmeira, Ponta Grossa, São José dos Pinhais, Colombo, Quatro Barras, Fazenda Rio Grande, São Mateus do Sul, Pinhais, Campina Grande do Sul, Paranaguá, Londrina, Carambeí e Castro.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios