Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Copel confirmou nesta quarta-feira (9) sua posição como maior empresa do Paraná, no tradicional levantamento Grande & Líderes – 500 Maiores do Sul, promovido há 26 anos pela Revista Amanhã. A cerimônia de entrega do prêmio ocorrerá no dia 17 de novembro, em Porto Alegre (RS). No ranking da Região Sul, a Copel também foi reconhecida como maior empresa pública, maior do setor elétrico, quarta maior entre todas as listadas e quinto maior lucro líquido em 2015. 

O setor público do Paraná conta, ainda, com as duas empresas listadas no ranking como líderes setoriais, no segmento de serviços públicos: a Sanepar, a maior do segmento, e a Ceasa – ligada à Secretaria de Agricultura e Abastecimento, como mais rentável do segmento de serviços públicos. Já o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) ocupa 40ª posição entre as 500 maiores empresas do Sul, aponta o ranking. O Banco tem o sexto maior patrimônio líquido entre as 50 maiores empresas com sede no Rio Grande do Sul (R$ 2,3 bilhões). 

EXCELÊNCIA - "Este levantamento há muito se mostra como uma referência do desempenho para empresas privadas e públicas, e a longevidade da Copel entre as melhores e maiores do Sul do Brasil confirma a excelência de nossa gestão econômico-financeira”, afirmou o presidente da Copel, Luiz Fernando Vianna. “É principalmente uma boa notícia para o povo do Paraná, o principal acionista da Copel, a quem o bom desempenho da empresa reverte em dividendos que fomentam o desenvolvimento de nosso Estado”, acrescentou. 

CRITÉRIOS – O ranking é elaborado a partir de um indicador exclusivo criado pela consultoria PricewaterhouseCoopers e a Revista Amanhã, chamado Valor Ponderado de Grandeza (VPG), que considera o patrimônio líquido, receita líquida e lucro das empresas.

Box

Apoio do BRDE presente no desempenho das empresas

Posicionado em 40º lugar entre as 500 maiores empresas do Sul, o BRDE está presente com apoio no desempenho de várias dessas grandes empresas. “É o caso das cooperativas Coamo e C. Vale”, disse o vice-presidente e diretor Administrativo do Banco, Orlando Pessuti, que participou do lançamento do ranking em Curitiba, na Federação das Indústrias do Paraná (Fiep).

O levantamento mostra que, em 2015, apesar do cenário econômico desfavorável, com queda expressiva do PIB nacional, as 500 maiores empresas da Região Sul tiveram um resultado em vendas de R$ 514,6 bilhões em 2015, um aumento de 8,1% em relação ao ano anterior. 

O Paraná lidera o ranking, com a soma de R$ 16,9 bilhões em lucros em 2015. Santa Catarina somou R$ 10,6 bilhões e o Rio Grande do Sul, R$ 8,8 bilhões. O ranking pontua o desempenho de 181 empresas do Paraná, 188 do Rio Grande do Sul e 131 de Santa Catarina. A análise é feita com base em um indicador exclusivo, o VPG – Valor Ponderado de Grandeza. 

Entre as 10 maiores empresas do Paraná, a Copel, que ocupa o primeiro lugar, é seguida pelo HSBC Bank Brasil S/A, Itaipu Binacional, Coamo Agroindustrial Cooperativa, Klabin, Banco Sistema S/A, Renault do Brasil, Sanepar, C. Vale Cooperativa Agroindustrial e a empresa ALL e Controladas. A Copel também lidera o ranking entre os 50 maiores patrimônios líquidos do Estado.

Entre as 10 maiores empresas do Sul, o Grupo Gerdau (RS) aparece em primeiro lugar, repetindo o desempenho de 2014, de acordo com o indicador VPG. Na relação, aparecem três empresas do Rio Grande do Sul, quatro de Santa Catarina e três do Paraná. Em relação ao maior lucro líquido, a Itaipu Binacional lidera o ranking. 

“Lançamos a 26ª edição do ranking Grandes & Líderes – 500 Maiores do Sul com muito orgulho, o que só foi possível graças ao compromisso que temos com a credibilidade e a parceria com empresas sérias, de alta qualidade técnica”, afirmou o diretor de redação da Revista Amanhã, Eugênio Esber. A revista está completando 30 anos de circulação.

Esber citou o BRDE entre os parceiros dos 500 Maiores do Sul, destacando a presença do banco no desempenho de várias das empresas relacionadas no ranking. “O BRDE parabeniza a Revista Amanhã e a PwC pelo trabalho de pesquisa e análise feito, possibilitando que os dados sejam usados no planejamento das atividades da empresa”, disse o diretor Pessuti.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios