Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Fiação protegida ajuda a reduzir desligamentos em até 70%

As equipes da Copel construíram 430 km de redes compactas em todo o Estado no primeiro semestre de 2016. Com investimentos que somam R$ 50,6 milhões, os cabos compactos contribuem para melhorar em até 70% a qualidade do fornecimento de energia em comparação à rede convencional.

Formada por um conjunto de cabos de aço, condutores cobertos e espaçadores, a rede compacta apresenta melhor desempenho que a rede convencional graças à sua maior proteção. Por isso, a rede compacta pode contribuir para reduzir em até 70% número de desligamentos causados pelo contato de galhos, pipas e outros objetos com a rede de distribuição de alta tensão.

“A ampliação das redes compactas faz parte do nosso plano de modernização da rede elétrica de todo o Estado. Na prática, conferimos maior segurança e qualidade ao fornecimento de energia para os paranaenses”, destaca o diretor de Distribuição, Antonio Guetter. “Além disso, contribuímos para a convivência harmônica dos cabos com a arborização urbana, uma vez que as redes compactas ocupam uma área menor e previnem podas drásticas”, explica.

Atualmente, o Paraná possui 8,3 mil km de redes compactas. Desde 2008, quando essas estruturas protegidas somavam 1,3 mil km, a extensão da rede compacta aumentou mais de cinco vezes. A Copel foi uma das primeiras empresas a utilizar redes compactas no Brasil, começando a testar a tecnologia em 1994 na cidade de Maringá, que hoje possui praticamente 100% de sua rede composta por este tipo de cabos.

Desligamentos programados
Para substituir a rede convencional pela rede compacta, a Companhia programa desligamentos nos locais onde os novos cabos serão instalados. Esse tipo de interrupção permite que a melhoria seja feita com segurança, evitando riscos para a população e para as equipes que trabalham na rede.

Os desligamentos são precedidos por estudos que visam minimizar o impacto da falta de energia para os consumidores, restringindo ao máximo a área afetada e o tempo do desligamento. “Essas interrupções são muito importantes para trazer melhorias permanentes para os consumidores”, acrescenta Guetter.

A Companhia sempre informa os clientes que serão afetados por uma interrupção para a realização de obras. É possível consultar a programação de desligamentos no site www.copel.com, ou por meio do aplicativo Copel Mobile, disponível para smartphones e tablets equipados com sistema Android ou iOS.

Rakelly Calliari Schacht/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios


Notice: Undefined variable: usuario_tk in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_footer.php on line 245
NULL