Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A venda de energia no mercado fio da Copel teve aumento de 1,4% no segundo trimestre, na comparação com o mesmo período de 2018. Já em junho, a empresa teve crescimento de 1,7% na comparação com o mesmo mês do ano passado.

O mercado fio é composto pelo mercado cativo, pelo suprimento a concessionárias e permissionárias no Paraná e pelos consumidores livres na área de concessão da empresa.

A alta ocorreu principalmente em função do crescimento de 9,6% no consumo do mercado livre, resultado do avanço da produção industrial do Estado.

O mercado fio é composto pelo mercado cativo, pelo suprimento a concessionárias e permissionárias no Paraná e pelos consumidores livres na área de concessão da empresa.

A alta ocorreu principalmente em função do crescimento de 9,6% no consumo do mercado livre, resultado do avanço da produção industrial do Estado. Somente em maio a produção industrial do Paraná teve uma alta de 27,8%. A Copel tinha 272 clientes no mercado livre no segundo trimestre de 2018 e fechou o segundo tri de 2019 com 321 clientes no mercado livre.

Segundo o presidente da Copel, Daniel Slaviero, o total de energia vendida pela empresa, composto pelas vendas da Copel Distribuição, Copel Geração e Transmissão, dos Complexos Eólicos e da Copel Comercialização em todos os mercados, atingiu 11.995 GWh no segundo trimestre de 2019, representando um crescimento de 10,3%.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios