Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O deputado estadual Cobra Repórter (PSD) foi reeleito presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai) da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).

Na última terça-feira (25), os membros da Comissão se reuniram de forma remota com o fim específico de proceder à instalação e à eleição do presidente e vice-presidente da Comissão para o segundo biênio da atual Legislatura, em conformidade com o art. 73 do Regimento Interno.

Estavam presentes os deputados Cobra Repórter (PSD), Cantora Mara Lima (PSC), Gugu Bueno (PL), Luciana Rafagnin (PT), Marcio Pacheco (PDT), Subtenente Everton (PSL) e Luiz Carlos Martins (PP).

Após declarada instalada a Comissão, passou-se em seguida à eleição. Realizada a votação, foram eleitos, por unanimidade dos votos, como presidente da Criai, o deputado Cobra Repórter e como vice, a deputada Cantora Mara Lima.

 “Para mim, é uma honra e um grande desafio continuar à frente desta tão importante e representativa Comissão! Nesses dois primeiros anos na presidência, conseguimos colocar em prática ações importantíssimas, mas ainda temos um grande caminho a percorrer na garantia dos direitos de quem mais precisa”, destacou o deputado Cobra Repórter.

Entre as ações, o deputado destaca a lei sancionada pelo governador Ratinho Junior que institui a semana “Detox Digital Paraná”, que será realizada anualmente de segunda a domingo, integrando o dia 10 de outubro (Dia Mundial da Saúde Mental).

Outra iniciativa que o deputado ressalta foi aprovação do projeto de lei 540/19 para incluir no Calendário Oficial de Eventos do Estado o “JUNHO VIOLETA”, mês de conscientização e prevenção contra a violência à pessoa idosa.

O presidente da Criai também apresentou outros projetos importantes, tais como a implantação, em caráter permanente, de Forças-Tarefas para a defesa dos direitos das crianças, dos idosos e também das mulheres.

“Também aproveito para destacar a importância de nossos canais de comunicação para denúncias. Um deles é o site www.criaiparana.org onde é possível de forma bem prática denunciar qualquer crime ou abuso contra crianças, adolescentes, idosos ou pessoas com deficiência. A partir daí, encaminhamos prontamente às autoridades competentes para investigação”, lembrou Cobra Repórter.

Meire Bicudo e Veruska Barison/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.