Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O deputado estadual Cobra Repórter (PSD), vice-líder do Governo, entregou, na semana passada, o título de utilidade pública à associação de moradores da aldeia indígena Água Branca II (Amaiab II), com sede no município de Tamarana.

A entrega foi no escritório regional do deputado, que fica em Londrina, e contou com a presença do presidente da associação, Amadeus Far Zacarias, e do Jurandir Rosa, que fez o pedido do título ao deputado.

 “Esse título deve solucionar o maior problema da aldeia que é o êxodo rural uma vez que a associação poderá firmar convênios, parcerias e receber recursos através de emendas. Isso vai permitir que adquiram equipamentos e insumos agrícolas para produzir alimentos. Além disso, o título é importante para que possa atender às suas finalidades estatutárias, estar regular perante os órgãos públicos competentes e firmar convênios com órgãos estaduais e federais”, explicou o deputado.

O título é resultado do projeto de lei nº 718/19 de autoria do deputado estadual Cobra Repórter aprovado, no ano passado, pela Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) e sancionado pelo governador Ratinho Junior.

A associação dos moradores da aldeia indígena Água Branca II é uma associação civil, filantrópica, sem fins lucrativos. Ela pertence à terra Indígena de Apucaraninha, que fica no município de Tamarana. A reserva Apucaraninha é considerada o principal reduto indígena no norte do Paraná e abriga cerca de dois mil índios da etnia kaingang.

Meire Bicudo e Veruska Barison/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.