Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

O deputado estadual Cobra Repórter (PSD), vice-líder do Governo, entregou, na semana passada, o título de utilidade pública à associação de moradores da aldeia indígena Água Branca II (Amaiab II), com sede no município de Tamarana.

A entrega foi no escritório regional do deputado, que fica em Londrina, e contou com a presença do presidente da associação, Amadeus Far Zacarias, e do Jurandir Rosa, que fez o pedido do título ao deputado.

 “Esse título deve solucionar o maior problema da aldeia que é o êxodo rural uma vez que a associação poderá firmar convênios, parcerias e receber recursos através de emendas. Isso vai permitir que adquiram equipamentos e insumos agrícolas para produzir alimentos. Além disso, o título é importante para que possa atender às suas finalidades estatutárias, estar regular perante os órgãos públicos competentes e firmar convênios com órgãos estaduais e federais”, explicou o deputado.

O título é resultado do projeto de lei nº 718/19 de autoria do deputado estadual Cobra Repórter aprovado, no ano passado, pela Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) e sancionado pelo governador Ratinho Junior.

A associação dos moradores da aldeia indígena Água Branca II é uma associação civil, filantrópica, sem fins lucrativos. Ela pertence à terra Indígena de Apucaraninha, que fica no município de Tamarana. A reserva Apucaraninha é considerada o principal reduto indígena no norte do Paraná e abriga cerca de dois mil índios da etnia kaingang.

Meire Bicudo e Veruska Barison/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios