Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

“O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran/PR) está retomando aos poucos os atendimentos presenciais, mas as reclamações que tenho recebido são inúmeras da necessidade da volta total dos atendimentos. Claro que a retomada deve ser feita só permitindo o acesso com máscara e limitando o número de pessoas para não ter aglomerações”, disse o deputado estadual Cobra Repórter (PSD).

Por conta disso, o deputado Cobra Repórter apresentou ontem (08), na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), requerimento solicitando medidas urgentes, no sentido de promover a reabertura das Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans), Postos de Atendimento e Postos de Atendimento Avançado do Departamento de Trânsito do Paraná.

O requerimento foi endereçado ao governador Ratinho Junior e ao diretor-geral do Detran/PR, coronel Cesar Kogut. O Detran/PR possui 100 Circunscrições Regionais de Trânsito e 220 Postos de Serviços de Trânsito, sendo 09 Postos Avançados, vinculados a elas e mantidos em parcerias com as Prefeituras em todo o Estado. Também estão disponíveis unidades nas ruas da cidadania de Curitiba e unidades volantes autônomas e informatizadas (Detran Móvel) que levam os serviços do órgão às mais diversas localidades paranaenses.

“A paralisação destas unidades do Detran/PR está prejudicando a população dificultando também as operações de recuperação de veículos apreendidos. Pedimos ainda que seja concedido pelo Governo do Estado a isenção de taxas e diárias como medida de apoio à população neste momento triste que estamos atravessando de dificuldades financeiras, de distanciamento social e de pandemia”, justificou o deputado Cobra Repórter.

Meire Bicudo e  Veruska Barison/Asimp

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.