Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

“Existem discussões para a hipótese da esfera Federal autorizar que empresas possam comprar diretamente vacinas contra o novo coronavírus no mercado nacional e internacional para imunização de seus empregados. Diante disso, acho que quem aderir a essa iniciativa deve ser recompensado de certa forma”, disse o deputado estadual Cobra Repórter (PSD), vice-líder do Governo.

Pensando assim, o deputado apresentou, na quarta-feira (17), um requerimento, na Assembleia Legislativa, solicitando providências urgentes e estudos no sentido de ofertar novos incentivos fiscais cumulativos, perdão de dívidas e outros benefícios pertinentes, às empresas atuantes no âmbito territorial do Paraná, que, em contrapartida, vacinarem seus empregados contra a Covid-19.

O requerimento também sugere que essas empresas façam a doação de vacinas para o Sistema Único de Saúde (SUS), visando imunização da população paranaense em geral, segundo critérios do Plano Nacional de Imunização, no período de 6 meses após a respectiva autorização normativa para aquisição privada dos imunizantes.

Ele sugere ainda que empresa receba o “Selo de Certificação de Responsabilidade Social Humanitária”. O documento foi endereçado ao governador Ratinho Junior e ao secretário estadual da Fazenda, Renê Garcia Junior. “Este incentivo irá, no meu ponto de vista, adiantar o processo de imunização beneficiando toda a população paranaense, um esforço justificado que agregado às demais atitudes governamentais poderão erradicar a Covid-19 com mais rapidez do solo paranaense”, justificou o deputado Cobra Repórter.

Meire Bicudo e  Veruska Barison/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios