Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O deputado estadual Cobra Repórter (PSD), vice-líder do Governo, apresentou, nesta quarta-feira (16), um requerimento, na Assembleia Legislativa, solicitando Votos de Louvor para Tiago Felix dos Santos Porfirio, de 23 anos, que é o mais jovem professor de Ensino Superior no Brasil segundo o RankBrasil, entidade que registra recordes brasileiros.

“O estudo é uma oportunidade para melhorar de vida e obter o crescimento pessoal e profissional. O Tiago está aí como exemplo! A educação, em todos os seus sentidos, forma e transforma vidas”, disse o deputado estadual Cobra Repórter.

 “Desde muito cedo, uma das certezas que construí para a minha vida foi de que a educação é o melhor caminho para o desenvolvimento, o crescimento e a mudança de vida”, afirmou Tiago. Tiago é paranaense e concluiu o Ensino Fundamental II e o Ensino Médio no Colégio Estadual Maestro Andréa Nuzzi, em Cambé. Hoje, ele é docente na Faculdade Catuaí, no mesmo município, onde ministra disciplinas em cursos nas áreas de finanças, marketing e empreendedorismo. Foi nela, também, onde ele se formou bacharel em Administração e tecnólogo em Gestão Comercial.

“Saber que sou o professor universitário mais jovem do Brasil vem como uma celebração muito grande, uma confirmação de que aquele pensamento estava correto. Me sinto honrado em conseguir transmitir todo o conhecimento que adquiri ao longo da minha trajetória acadêmica para outras pessoas. De certa forma, utilizo isso para inspirar meus colegas, alunos e todos aqueles que, assim como eu, acreditam que o caminho da educação é o mais transformador”, disse ele.

Meire Bicudo e Veruska Barison/Asimp/Com informações da Agência Estadual de Notícias

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.