Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Em live realizada ontem, 27, os diretores reforçaram a importância dos processos internos para a concretização da iniciativa

Direta ou indiretamente, boa parte do quadro de colaboradores do Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR) está envolvida no Programa Vila A Inteligente, que está a poucas semanas de fazer a primeira entrega para Foz do Iguaçu.

Nesta primeira fase serão implementadas no bairro luminárias inteligentes, com câmeras de reconhecimento facial, câmeras de monitoramento de placas, além de semáforos e pontos de ônibus inteligentes. Será implantado também o Centro de Controle e Operações, onde serão monitoradas todas as tecnologias.

Todas as etapas para a concretização do projeto, desde a compra de equipamentos, análise jurídica, recebimento dos materiais, entre outros processos, são importantes para que os prazos sejam cumpridos e tudo tenha o resultado final esperado: a melhoria da qualidade de vida da população. Este foi um dos motivos para que os diretores do PTI-BR apresentassem o Vila A Inteligente aos colaboradores do Parque, em uma live transmitida na manhã desta terça-feira, 27.

A iniciativa é promovida pelo PTI e a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), em parceria com a Itaipu Binacional e a Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu. O diretor superintendente do Parque Tecnológico, general Eduardo Garrido, explicou que o Vila A Inteligente leva para um ambiente real as tecnologias que hoje já estão disponíveis no Laboratório Vivo de Cidades Inteligentes do Parque.

Para isso, foi viabilizada no bairro, a partir de decreto publicado pela Prefeitura, a criação de um sandbox – uma área de testes e experimentações das soluções. Esse ambiente é atrativo para empresas de todos o País, que podem validar tecnologias que têm a intenção de facilitar a rotina dos cidadãos – da área de Cidades Inteligentes -, diretamente com seu público-alvo.

Além de tornar a Vila A o primeiro bairro público inteligente do Brasil, o que, em conjunto com outras ações que vêm sendo realizadas pela Itaipu, como a construção da segunda Ponte e do Mercado Municipal, a revitalização do Gramadão e a ampliação do Aeroporte, contribui para a atividade turística; o Programa visa outro objetivo do Parque Tecnológico: tornar a cidade um polo de inovação e empreendedorismo.

A intenção, conforme esclareceu o diretor de Negócios e Inovação do PTI, é trazer para Foz do Iguaçu empresas de médio e grande porte para, em conjunto com startups, desenvolver novas tecnologias voltadas para Cidades Inteligentes. Com isso, entre os ganhos da cidade estariam o desenvolvimento econômico e regional, e a geração de emprego e renda. “Faremos um chamamento para atrair essas empresas âncoras e com isso alcançar nosso objetivo”, afirmou Régis.

O cronograma do Vila A Inteligente se estende até 2023, mas, de acordo com o general Garrido, “é algo que vai se perpetuar para a região da Vila A e até mesmo ser expandido para outras áreas de Foz”. O modelo do projeto também será referência para outros municípios de todo o País.

O diretor administrativo-financeiro do Parque Tecnológico, Flaviano da Costa Masnik, pontuou que a iniciativa vai ao encontro também do novo planejamento estratégico do Parque, que tem como diretriz a sustentabilidade da instituição, a partir do estabelecimento de novas parcerias e novos negócios. “É uma ótima oportunidade de negócio, mas também para contribuir com a sociedade”, disse.

“Cada um, no trabalho que faz, contribui de alguma maneira no resultado deste projeto, que vai impactar positivamente na vida das pessoas de Foz do Iguaçu”, comentou o diretor técnico do PTI, Rafael José Deitos.

Asimp/Fundação Parque Tecnológico Itaipu – Brasil 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.