Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Rede de Solidariedade do Paraná envia manifesto público à prefeitura de Curitiba, governo do Paraná, ministério da Saúde e imprensa

Reunidos na Rede de Solidariedade do Paraná com o objetivo de ajudar o poder público no combate à Covid-19, empresários paranaenses divulgaram, na terça-feira, 13, uma carta direcionada aos governos e à sociedade, pedindo medidas efetivas para conter a pandemia no país. O documento foi enviado ao prefeito de Curitiba, Rafael Greca de Macedo, ao governador do estado, Carlos Massa Ratinho Júnior, e ao Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

No manifesto, os empresários pedem aos governantes empenho e atenção para que as doses da vacina cheguem à população com maior rapidez e em quantidade suficiente para todos. "Agora é o momento de gestores municipais e estaduais se unirem ao governo federal em um só esforço pela aquisição imediata desses imunizantes. Nossa população e nossa economia não vão aguentar mais um ano de trabalho remoto, ensino remoto e relacionamentos à distância", diz a carta. À população, o manifesto pede conscientização, senso de coletividade e respeito ao próximo. "Neste período em que é tão fácil disseminar o vírus e contaminar inúmeras outras pessoas, atitudes individualistas produzem impactos graves para toda a sociedade", ressalta o documento.

A carta apela ainda aos demais empresários que, com solidariedade, possam contribuir com campanhas de arrecadação de recursos e distribuição de equipamentos, medicamentos e outros insumos hospitalares neste, que é um dos momentos mais críticos da pandemia no país. "Não podemos ficar de braços cruzados diante de tantas vidas sendo perdidas. Estamos há mais de um ano trabalhando e empenhando esforços para minimizar os efeitos trágicos desta pandemia, por meio da Campanha O Amor Contagia e também com a mobilização de nossos empresários para ajudar hospitais e a população de nosso estado. Já conseguimos arrecadar mais de R$ 12 milhões na campanha e ajudamos 50 hospitais de todo o Paraná, além de entidades assistenciais", diz o manifesto.

Quem quiser ajudar, basta acessar o site www.funpar.ufpr.br/oamorcontagia/ . A maior campanha de arrecadação vigente no Estado do Paraná nasceu da união das promotorias de Justiça do Ministério Público do Paraná e Ministério Público do Trabalho que firmaram uma parceria com a UFPR (Universidade Federal do Paraná) e a Funpar (Fundação de Apoio da Universidade Federal do Paraná) e já conta com o apoio de mais de 40 empresas e empresários paranaenses - entre elas, o GRPCom, Grupo Marista, Instituto Positivo, Ademilar, Boticário, Ebanx, Electrolux, Renault e W/Investments. A campanha tornou-se um canal confiável para entidade e pessoas físicas que tem interesse em destinar algum recurso para os hospitais da linha de frente de combate à Covid-19. Os recursos são geridos por um comitê, que fiscaliza e faz a prestação de contas. Todas as doações e destinações podem ser acompanhadas on-line no site da Funpar.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.