Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

“A vergonha e o desrespeito continuam nas agências bancárias da Caixa Econômica Federal em virtude do recebimento do auxílio emergencial, em especial, no interior do Paraná. Recebi denúncias da cidade de Rolândia desta vez: aglomeração de pessoas e um prenúncio de disseminação do coronavírus! Fotos recentes mostram o desrespeito e vou reiterar às autoridades competentes meus pedidos de providências”, lamentou o deputado Cobra Repórter (PSD).

Entidades como Procon, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Associação Comercial e Industrial de Rolândia (Acir) e Ministério Público Federal também receberam a denúncia.

O deputado estadual Cobra Repórter, vice-líder do Governo, tem acompanhado a situação desde o início da pandemia do novo coronavírus. Ele apresentou requerimentos, na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), solicitando providências urgentes no sentido de promover a organização das vergonhosas filas existentes.

O primeiro requerimento foi no mês de maio e solicitava o distanciamento de no mínimo 2 metros entre uma pessoa e outra, mais atendentes nos caixas, a devida fiscalização do Procon e também sobre o tempo de espera em fila de no máximo 30 minutos multando a instituição na inobservância da Lei nº 13.400/2001. Em um outro requerimento, o deputado solicitou o apoio dos militares para a organização das filas.

Meire Bicudo e Veruska Barison/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios