Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Conscientizar à população sobre a importância do desenvolvimento sustentável na busca por um mundo mais justo, igualitário e inclusivo. Essa é a proposta do projeto “ODS & Arte – Um Novo Olhar Sobre o Mundo”, que pretende disseminar, por meio da linguagem das artes plásticas, os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), metas estabelecidas pela Organização das Nações Unidas (ONU), das quais o Paraná é signatário. A iniciativa é desenvolvida pelo Movimento Nós Podemos Paraná, que integra o poder público, setor privado e a sociedade civil.

“Estamos usando a arte para que as pessoas possam relacionar o desenvolvimento sustentável na vida prática e entenderem a importância disso. Uma iniciativa que vem ao encontro do papel que o Paraná se propôs a desempenhar em relação aos ODS, que é um desafio para a humanidade”, disse o secretário do Desenvolvimento Urbano, Silvio Barros.

De acordo com o secretário, o Governo do Paraná atua em diversas áreas para fazer sua parte para o cumprimento dos ODS no Estado. Para isso, tem feito um trabalho intenso na conscientização dos gestores municipais que já resultou na adesão de dois terços dos municípios paranaenses. Eles assinaram termos de compromisso para o desenvolvimento de projetos que contemplem os ODS.

MOSTRA - Para divulgar os ODS, foram apresentados 17 trabalhos desenvolvidos por artistas paranaenses. Cada um elaborou uma obra para interpretar um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. A mostra faz parte de um projeto que prevê exposições itinerantes no Brasil e no Exterior. O projeto segue até 2030. No Paraná a mostra começará por Curitiba, no Museu Oscar Niemeyer, no final de setembro. A data exata n~]ao está definida.

Segundo o coordenador executivo do movimento Nós Podemos Paraná, Nemécio Muller, foi possível captar um grupo de artistas bastante consciente e comprometido com o legado para o futuro. Tudo foi feito em parceria e sem nenhum custo para o Estado. “São artistas da nossa terra, muitos com projeção internacional, que abraçaram esse projeto. A arte é a grande linguagem que ultrapassa territórios e, por meio dela, faremos com que esses objetivos cheguem até as pessoas. O Paraná sai à frente, inovando novamente”, disse Mulller.

De maneira diferente

“Eu quis mostrar as pessoas um novo olhar ao mundo, o chão, a natureza e a vida de uma maneira diferente, sem pensar só em dinheiro”, disse Luiz Rettamozo, que retratou saúde e bem-estar (ODS número 3).O artista Osmar Carboni, que representou o tema 16 (Paz e Justiça), destacou a importância de participar de um movimento que busca difundir assuntos importantes para a sobrevivência da humanidade. “Estou lisonjeado em poder participar desse projeto, mostrar para as pessoas que o planeta tem que ser olhado de uma outra maneira, ser cuidado. Essa interação veio também solidificar a importância da arte e da cultura”, afirmou o artista.

Rompendo fronteiras

A mostra também ganhou uma versão digital desenvolvida em parceria com a Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná  (Celepar). No site, as pessoas terão acessoas as obras digitalizadas, informações sobre os artistas, sobre o projeto e sobre os ODS. Cada obra acessada possui um link que abre na página da ONU, onde as pessoas podem conhecer cada um dos objetivos.

“Nossa intenção foi criar uma grande rede de conexão para que as pessoas possam conhecer os ODS através dos olhos da arte. No meio digital, a fronteira geográfica é quebrada e podemos atingir um número maior de pessoas”, explicou o coordenador de sustentabilidade e responsabilidade socioambiental da Celepar, Luiz Gustavo Dalazen.

A página pode ser acessada, também, por meio do QR Code. O site possui versão em português, inglês e espanhol. A versão digital pode ser acessada na página www.odsarte.pr.gov.br.

Objetivos

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável fazem parte de uma agenda mundial adotada durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, em setembro de 2015, composta por 17 objetivos e 169 metas a serem atingidos até 2030.

São metas ODS: erradicação da pobreza; fome zero e agricultura sustentável; saúde e bem-estar; educação de qualidade; igualdade de gênero; água potável e saneamento; energia limpa e acessível; trabalho descente e crescimento econômico; indústria, inovação e infraestrutura; redução das desigualdades; cidades e comunidades sustentáveis; consumo e produção responsáveis; ação contra a mudança global do clima; vida na água; vida terrestre; paz, justiça e instituições eficazes; parcerias e meios de implementação.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios