Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Consórcios estão participando da licitação para elaborar estudos de impacto ambiental e estudos preliminares de engenharia para implantar a obra de arte especial e seus acessos.

A sessão de abertura das propostas dos consórcios interessados em realizar estudos ambientais para a construção da Ponte de Guaratuba, no Litoral, aconteceu na sexta-feira (12), na sede do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), em Curitiba. No total, oito consórcios foram selecionados para participar da licitação.

O objetivo é a elaboração de Estudos de Impacto Ambiental (EIA), Relatório de Impacto Ambiental (RIMA) e estudos preliminares de engenharia para implantação da Ponte e seus acessos.

O investimento estimado é de cerca de R$ 4,8 milhões e será realizado em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), dentro do Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Paraná. O tempo estimado para elaboração dos estudos é de 420 dias corridos (14 meses). Os resultados do EIA/RIMA serão apresentados em audiência pública após sua conclusão.

“A construção da Ponte de Guaratuba está no imaginário dos paranaenses há muito tempo e é uma das prioridades do Governo. Com a elaboração dos estudos ambientais e de engenharia, mais um passo importante será dado”, pontuou o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex.

A licitação acontece na modalidade de Seleção Baseada na Qualidade e Custo (SBQC), em que a vencedora será selecionada de acordo com as melhores propostas técnicas e de preço.

“Os consórcios que estão participando deste edital nos enviaram Manifestação de Interesse (MI) ainda no ano passado”, explicou o diretor-geral do DER/PR, Fernando Furiatti. “Selecionamos os melhores e formamos uma lista curta, para a qual enviamos solicitação de propostas em janeiro, após a publicação do edital. Agora, o corpo técnico do DER fará análise dessas propostas para definir o vencedor da licitação”.

Avanços

O edital prevê a elaboração de um Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/RIMA) e de estudos preliminares de engenharia, utilizando como base o Estudo de Viabilidade Técnica Econômica e Ambiental (EVTEA) da Ponte de Guaratuba, já concluído e aprovado pelo DER/PR.

Nesta nova etapa, além do desenvolvimento do EIA-RIMA, serão validados os apontamentos realizados pelo EVTEA através de estudos preliminares de engenharia, buscando a melhor solução do ponto de vista técnico, econômico e ambiental. O objetivo é que a Ponte de Guaratuba seja uma obra harmônica com as estruturas vizinhas e integrada com o meio ambiente.

Após essa etapa, o DER/PR fará as contratações dos projetos básico e executivo.

AEN

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.