Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Governador Ratinho Junior recebeu chefes de reportagem e proprietários de veículos e destacou a colaboração da imprensa por manter a população bem informada sobre a evolução e as medidas de contenção do Covid-19.

O Governo do Estado está reforçando com as emissoras de rádio, televisão, jornais impressos, portais e demais meios de comunicação do Paraná a importância da divulgação das notícias sobre o novo coronavírus. O governador Carlos Massa Ratinho Junior recebeu ontem (20) chefes de reportagem e proprietários de veículos para alinhar as informações e destacar a colaboração da imprensa no papel de manter a população bem informada sobre a evolução e as medidas de contenção do Covid-19.

Ratinho Junior esclareceu alguns encaminhamentos tomados pelo governo estadual. “Destinamos R$ 100 milhões para a Saúde, realocando recursos que seriam investidos em obras, para injetar um volume destinado a compra de insumos e equipamentos que serão repassados aos hospitais”, afirmou. “Estamos convocando profissionais da Saúde que passaram em concurso para reforçar a equipe e também chamamos profissionais e estudantes para trabalhar nesse atendimento”, disse.

“Já tínhamos um planejamento para a Saúde desde o ano passado, com foco na descentralização dos atendimentos e trabalhos de prevenção e combate à dengue, que contava com suporte dos hospitais públicos e filantrópicos”, disse o governador. “Formamos essa rede de atendimento antes da circulação do coronavírus no mundo. Também temos recebido muito apoio de clínicas particulares, que têm colocado à disposição do Estado seus leitos de UTI para fazer esse enfrentamento”.

O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, também acompanhou o encontro e destacou as ações desenvolvidas pela pasta. Um destaque é o Sentinela, sistema que faz o controle da circulação de vírus no Estado. “Ele constata, com dados oficiais, os vírus que circulam no Paraná. São 51 pontos, em Curitiba e no Interior, que coleta os dados periódica e aleatoriamente”, explicou. “Inserimos, nesta semana, o coronavírus na série de testes, para poder detectar se o vírus está circulante no Estado, mesmo que não tenha notificação oficial”, disse.

O secretário de Estado da Comunicação Social e da Cultura, João Debiasi, destacou que os veículos de imprensa trazem credibilidade às informações e contribuem para evitar a disseminação de fake news sobre a doença. “Os veículos de informação funcionam como curadores do que é de interesse público e dão confiança ao que é veiculado”, disse. “A ideia é alinhar essas informações com os diferentes segmentos de mídia do Estado. Eles também contribuem para esclarecer junto à população sobre os estágios da doença no Paraná”.

Portal

O governo criou um canal para divulgar as orientações de prevenção ao coronavírus. No www.coronavirus.pr.gov.br também é possível acompanhar todas as notícias publicadas sobre o tema e as medidas adotadas pelo Estado para a contenção e enfrentamento da doença, além do funcionamento dos serviços públicos estaduais.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios