Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Em diversas regiões do Estado, mais de 85 mil pessoas são beneficiadas por doações da campanha ‘O Amor Contagia’, que reúne instituições públicas e privadas

O primeiro edital da campanha ‘O Amor Contagia’ está destinando doações para 21 hospitais e 64 instituições sociais. Os valores arrecadados vão impactar 27 cidades e atender cerca de 3 mil leitos no Paraná. A campanha é a maior iniciativa vigente no Estado criada por um grupo de organizações públicas e privadas para apoiar instituições de saúde e ONGs de ação social no combate aos impactos da covid-19.

Os valores destinados neste momento somam R$ 427 mil para a área da saúde que vão auxiliar os hospitais nas cidades de Curitiba, Ponta Grossa, Pato Branco, Rondon, Prudentópolis, Cianorte, Colorado, Astorga, Umuarama, Sarandi e Laranjeiras do Sul. Outros R$ 430 mil, que vão atender instituições sociais, ONGs e asilos em 9 regiões do Estado.

 “Estamos com um ótimo apoio das empresas, pessoas físicas e entidades, e esses frutos já estão sendo utilizados no combate ao coronavírus, porém asainda estão muito aquém das necessidades, e quanto mais contribuições, mais poderemos combater esse momento do Estado”, afirma a promotora de justiça do Ministério Público do Paraná Karina Anastácio Faria de Moura Cordeiro. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, o Paraná acumula mais de 84 mil diagnósticos positivos e quase 2,2 mil mortos em decorrência da doença (dados de 05/08) e está na lista dos estados brasileiros em que o número de casos de covid-19 continua crescendo.

Paraná

Até o momento, doações em dinheiro e materiais hospitalares da campanha “O Amor Contagia” somam cerca de R$ 6,12 milhões, doados por 172 pessoas e empresas, sendo aproximadamente R$ 3,1 milhões em materiais que já foram destinados para 20 instituições do Estado.

Com o crescimento de casos no Paraná, as demandas continuam crescendo. “Os hospitais filantrópicos prestam um serviço essencial para a população e as entidades estão impossibilitadas de realizarem ações de arrecadação, como eventos, bazares e jantares, por exemplo, esse auxílio certamente ajuda nesse momento tão difícil”, afirma a voluntária da ação, Rose Susuki.

Como doar

Empresas, pessoas físicas e organizações podem fazer suas contribuições via depósito bancário. As doações são feitas de forma direta e não podem ser abatidas do cálculo do Imposto de Renda. Aqueles que quiserem contribuir de forma anônima podem fazer depósito ou transferência. Os recursos são administrados por um comitê gestor que fiscaliza a destinação das doações. A prestação de contas para a sociedade é feita em tempo real e com fácil acesso pelo site da Funpar.

Para doar ou saber mais detalhes sobre a campanha acesse  http://www.funpar.ufpr.br/oamorcontagia/

Instituições podem se cadastrar

Organizações da área da saúde e de assistência social que necessitam de apoio podem se inscrever diretamente no site https://oamorcontagia.site/#queroAjuda, preenchendo o edital. “O resultado do primeiro lote já está publicado, porém estaremos atentos a novas demandas e inscrições que surgirem, por isso é necessário todo apoio da sociedade”, informa a promotora do MPPR Karina Anastácio Faria de Moura Cordeiro.

O Amor Contagia

A campanha nasceu da união das promotorias de Justiça do Ministério Público do Paraná e Ministério Público do Trabalho que firmaram uma parceria com a UFPR (Universidade Federal do Paraná) e a Funpar (Fundação de Apoio da Universidade Federal do Paraná). Logo em seguida se uniram ao grupo Instituto GRPCOM, Grupo Marista, PUCPR, Instituto Positivo, a comissão do Terceiro Setor da OAB-PR e associações da sociedade civil organizadas com sede no Estado.

As empresas doadoras da campanha são Copel, Associação do Ministério Público, Amapar, Grupo Laguna, Araupel, Atlas Eletrodomésticos, Instituto Positivo , W Investments, Blue Social, Fit Food, Campo Largo, Ademilar, Grupo Boticário e dezenas de pessoas físicas.

Também são apoiadores Apajufe, Instituto Oportunidade Social, Instituto Renault, Facop, JCS Group, Instituto Purunã, Instituto Massa, Instituto Robert Bosch, RSAC, ANPR, Purunã, Mex Brasil, FAS, Rádio Band News, CBN Curitiba, Ouro Verde FM, JCS Group, Posigraf, Colégio Positivo e das agências de comunicação 433, Vivas, Páprica, Página 1 Comunicação e Central Press.

Nathalie Santini Maia/Asimpo

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios