Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O ano se inicia e junto vem o planejamento das ações que serão desenvolvidas nos próximos meses, o pensamento sobre a vida, a nossa existência. A pandemia do coronavírus contribui ainda mais para essa preocupação de como será o novo ano e todos devemos ficar em alerta quanto a isso. Por isso, o mês de janeiro é dedicado à mobilização da sociedade em favor da saúde mental. A campanha Janeiro Branco ocorre em vários estados do Brasil e aqui no Paraná não é diferente. Durante todo o mês deverão ser realizadas campanhas de conscientização da saúde mental, e sobre a importância da prevenção, tratamentos e da necessidade de acesso aos serviços de saúde.

O Janeiro Branco foi instituído no Paraná em 2018, através da lei estadual 19430/2018, proposta na Assembleia Legislativa do Paraná pelo deputado Requião Filho (MDB). A lei foi promulgada pelo presidente do Legislativo, deputado Ademar Traiano (PSDB).

“Estamos vivendo momentos turbulentos, de ansiedade à espera da imunização das pessoas e do combate ao coronavírus. Diante de tantas incertezas e debates políticos desgastantes que chegam em nossas redes todos os dias, precisamos tirar um tempo para deixar nossa mente respirar”, disse o deputado Requião Filho. “A campanha Janeiro Branco tem o apoio do Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR), de forma que, neste período, as pessoas possam ser inspiradas e incentivadas a pensarem sobre a Saúde Mental em uma perspectiva preventiva, integral e em termos tanto individuais, quanto coletivos’, completou o deputado.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a depressão afeta mais de 350 milhões de pessoas no planeta. O Brasil é o país com o maior número de pessoas ansiosas no mundo (9,3% da população) e 5,8% dos brasileiros sofrem de depressão, segundo dados da OMS.

Outros dados da OMS também indicam que entre 35% e 50% dos pacientes com transtornos mentais em países de alta renda não recebem tratamento adequado. Nos países de baixa e média renda, o percentual é ainda maior, ficando entre 76% e 85%. Ainda de acordo com a entidade, a cada 45 minutos, uma pessoa comete suicídio no Brasil e, em 90% das vezes, esse caso está associado a algum distúrbio mental.

A Campanha

A campanha “Janeiro Branco” foi criada em 2014 pelo psicólogo mineiro Leonardo Abrahão com a missão de sensibilizar a sociedade sobre a importância dos cuidados com a nossa saúde mental. Durante o mês, são realizados debates e ações que visam trazer informações relevantes sobre o tema da saúde mental e emocional. O que se busca através dessa abordagem é disseminar conhecimento e introduzir uma cultura de maior atenção à saúde mental.

O seu objetivo é chamar a atenção da humanidade para as questões e necessidades relacionadas à Saúde Mental e Emocional das pessoas e das instituições humanas. Uma humanidade mais saudável pressupõe uma cultura da Saúde Mental no mundo.

ALEP

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.