Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Serão 15 transmissões ao vivo, de 13 a 31 de julho, que vão abordar políticas públicas e os principais direitos de crianças e adolescentes e serão transmitidas no canal do Youtube da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho.

Em comemoração aos 30 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), a Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, através do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA), realiza, de 13 a 31 de julho, 15 lives sobre políticas públicas e os principais direitos garantidos pelo estatuto. As transmissões ao vivo vão acontecer de segunda a sexta-feira, das 10 às 12h no canal do Youtube da Sejuf (http://abre.ai/sejufparana).

O objetivo da iniciativa é fortalecer a reflexão sobre a importância das políticas públicas de atendimento aos direitos fundamentais da criança e do adolescente e estimular a participação da sociedade na defesa destes direitos. As lives são dirigidas especialmente a profissionais da educação, saúde, assistência social, socioeducação, segurança pública, justiça, conselheiros tutelares e conselheiros de direitos, mas podem ser acompanhadas por todos que tenham interesse no assunto.

 “O Estatuto da Criança e do Adolescente transformou a vida de meninas e meninos, principalmente dos mais vulneráveis. Aqui no Paraná, a orientação do Governo do Estado é fortalecer as ações voltadas às políticas públicas nas áreas de proteção à infância e adolescência e assim garantir o direito ao amparo integral", explica Mauro Rockenbach, secretário da Justiça, Família e Trabalho do Paraná.

Durante as três semanas serão abordados os principais direitos das crianças e adolescentes - o direito à vida e a saúde, à liberdade, respeito e dignidade, à convivência familiar e comunitária, à educação, cultura e esporte, e o direito à profissionalização. “O ECA mudou a concepção da política de assistência e proteção de crianças e adolescentes no Brasil, e fazer essas lives em alusão ao estatuto é colocar os direitos da infância no papel de destaque que ele deve ter”, ressalta a presidente do Cedca, Ângela Mendonça.

As transmissões terão a participação de representantes do Tribunal de Justiça, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/PR), Ministério Público do Paraná, Associação de Conselheiros Tutelares do Paraná, entre outros, e contam com  apoio da Secretaria de Estado da Educação, Superintendência de Esporte do Paraná; Secretaria da Comunicação Social e da Cultura; Departamento de Atendimento Socioeducativo (Dease); Departamento de Assistência Social (Das); Departamento de Direitos Fundamentais e Cidadania; Fórum de Aprendizagem do Paraná; Ministério Público do Trabalho; Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defensoria Pública do Paraná.

Programação:

15/07        O Conselho Tutelar

16/07        Rede de Proteção

17/07        Legislação e defesa dos direitos da criança e do adolescente

20/07       A educação e a escola

21/07        Saúde da criança e do adolescente

22/07        A política de assistência social

23/07        Segurança pública

24/07        Socioeducação

27/07        Enfrentamento às violências contra crianças e adolescentes

28/07        Trabalho infantil

29/07        Esporte, cultura e lazer

30/07        Convivência familiar e comunitária

31/07        Orçamento público

AEN

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.