Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Na última terça-feira (2), o deputado estadual Cobra Repórter (PSD) aprovou na Assembleia Legislativa um requerimento solicitando uma fiscalização urgente nas linhas de ônibus do transporte público metropolitano de passageiros de Arapongas, Apucarana, Sabáudia, Rolândia, Cambé, Londrina e Ibiporã, por conta das dezenas de reclamações de superlotação nos ônibus do transporte público metropolitano que tem recebido.

Já no dia seguinte, os vereadores das cidades de Ibiporã, Kleber Machado e de Rolândia, Alex Santana, assim como a liderança de Arapongas também pediram providências do Ministério Público e à empresa responsável pelo transporte.

Em Ibiporã, Kleber Machado enviou ofício à promotoria, aos prefeitos de Cambé, Ibiporã e Londrina e à empresa TIL - Transportes Coletivos S/A, pedindo providência para as linhas de acesso a Ibiporã, Londrina, Cambé, Sertanópolis, Jataizinho e Rolândia.

Já em Rolândia, o vereador Alex Santana oficiou o Ministério Público e a Viação Garcia para que regularizassem os horários dos coletivos, evitando assim as aglomerações.

Em Jataizinho, o vereador Claudinei Oliveira Cabral, o Dim Dim, também fez cobrança à viação Garcia da linha Jataizinho/Londrina pedindo providências.

Em Arapongas, o pré-candidato a vereador Sebastião Ferreira da Silva, o Cecéu, fez vídeos no terminal metropolitano, fez denúncia e solicitou medidas.

O deputado Cobra Repórter tem recebido diariamente denúncias, inclusive com fotos, solicitando providências em relação à lotação e os horários reduzidos dos coletivos metropolitanos, em especial dos trecho entre Arapongas/Sabáudia/Pitangueiras, Astorga; Rolândia/Arapongas/Londrina- Cambé; Rolândia/Londrina; Rolândia/Apucarana: Rolândia/Ibiporã e Londrina/Ibiporã/Jataizinho.

"Com o início da pandemia, as empresas reduziram os horários dos ônibus, mas com o retorno das atividades dos comércios e indústrias, a tabela de horário não vou retomada, gerando superlotação e o perigo do contágio pelo coronavírus. Um verdadeiro desrespeito, por isso pedimos providências ao DER e autoridades", afirma o deputado Cobra Repórter.

Meire Bicudo - Veruska Barison/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios