Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Em reunião com a FPA, ministro ratificou o compromisso de uma tarifa justa aos paranaenses com um desconto controlado no momento do leilão

Em reunião na terça-feira (4) com a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, reforçou a importância do modelo híbrido usado pelo Governo Federal nas concessões rodoviárias para as rodovias do Paraná. Aos parlamentares presentes no encontro, Freitas destacou o leilão bem-sucedido da BR-153, entre Goiás e Tocantins, realizado na semana passada, como exemplo e ratificou o compromisso de uma tarifa justa de pedágios aos paranaenses, atrelada aos investimentos previstos.

"Alguém está achando que vai ter R$ 40 bilhões de investimentos e pagar R$ 3, R$ 4 de tarifa? Não vai, lamento. Isso não existe. Se a gente quiser garantir que vamos ter R$ 42 bilhões de investimentos e mais R$ 34 bilhões de operação, eu tenho que ter a tarifa justa, que é o nosso objetivo", garantiu o ministro, acompanhado do deputado federal paranaense, Sergio Souza, presidente da FPA.

Tarcísio reafirmou que o projeto paranaense não prevê pagamento de outorga. Ou seja, qualquer valor ofertado como desempate no momento do leilão será integralmente utilizado no próprio projeto. Algo parecido com o que ocorreu com a BR-153, onde 75% (R$ 960 milhões) do valor servirá para antecipar as obras de duplicação do trecho da rodovia dentro do estado do Tocantins. No caso do Paraná, o montante poderá viabilizar uma redução maior das tarifas dos pedágios - além do que já está prevista no projeto.

"Posso canalizar esse valor todo para redução de tarifa porque é um dinheiro livre e eu preservo o caixa do projeto e garanto que o investimento vai ser feito", explicou Tarcísio, reforçando a importância do desconto controlado. "O desconto de 17% não foi chutado. É o valor que zera a remuneração de capital próprio. Eu deveria ficar extremamente desconfiado com quem oferece um desconto acima dos 17%."

Ascom/Ministério da Infraestrutura

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.