Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O governador Beto Richa participou ontem(19), em Curitiba, da posse do Conselho Regional Paraná do Serviço Social do Transporte (Sest) e do Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat). O presidente da Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Paraná (Fetranspar), Sérgio Malucelli, assume a presidência do Conselho, em substituição a Felipe Gulin. 

No encontro, Richa destacou os investimentos nas rodovias do Estado. Ele disse que somente no ano passado foi destinado cerca de R$ 1,01 bilhão para obras, conservação e melhorias, o que garantiu ao Paraná a posição de segundo estado do País com mais investimentos no setor (na subfunção transporte), atrás apenas de São Paulo. O Estudo foi feito pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes), com base em dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN). 

"A governança instituída em nosso governo e nosso planejamento prévio permitiram obras em todas as regiões do Estado”, disse Richa. Apenas em duplicações de rodovias estaduais foram aplicados cerca de R$ 2 bilhões desde 2011. 

“Estamos executando o maior programa de duplicação de rodovias dos últimos anos. Temos 500 quilômetros de rodovias duplicadas que proporcionam mais segurança e agilidade para os motoristas”, afirmou o governador. 

Richa ressaltou também o novo pacote de licitações para a malha rodoviária lançado em março deste ano. Serão R$ 2,3 bilhões investidos nos próximos três anos para obras de manutenção e conservação. “É o maior ciclo de investimentos já visto na história do Paraná e isto só é possível porque nos preparamos antecipadamente”, referindo-se ao ajuste fiscal iniciado em 2014. 

CAPACITAÇÃO- O Conselho Regional do Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte é formado por representantes das federações de empresas autônomas e de sindicatos de transporte e transportadores. 

De acordo com o novo presidente, a qualificação de trabalhadores e a prevenção de acidentes no transporte serão os dois pilares da gestão. A meta é aumentar em 20% as ações de capacitação. 

“Precisamos capacitar o corpo técnico e operacional para que as empresas se tornem mais competitivas, o que sem dúvida irá refletir na qualidade do serviço prestado, bem como na redução do número de acidentes, que envolvem transportadores de cargas e de pessoas”, disse Sérgio Malucelli.

UNIDADES OPERACIONAIS- O Sest e o Senat no Paraná contam com nove unidades operacionais, que são centros de atendimento ao trabalhador com espaços para lazer, consultórios médicos e salas de qualificação profissional. 

Sérgio Malucelli anunciou investimentos na ordem de R$ 110 milhões na construção e ampliação de unidades operacionais em todo o Paraná. “Será um grande desafio, mas também uma grande oportunidade para ampliarmos o relacionamento, identificar melhor as necessidades e soluções para todos” afirmou. 

PRESENÇAS – Participaram do evento o vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel; o presidente da Fecomércio-PR, Darci Piana; o presidente da Associação Brasileira de Transporte e Logística de Carga (ACT), Pedro Lopes; o presidente da Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística, José Hélio Fernandes; o vice-presidente e diretor administrativo do BRDE, Orlando Pessuti; o general de Brigada Aléssio Oliveira da Silva; o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Maurício Tortato, e o diretor-presidente do Detran-PR, Marcos Traad.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios