Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O governador Beto Richa recebeu ontem (05), no Palácio Iguaçu, o cônsul-geral de Israel em São Paulo, Dori Goren, para debater futuras parcerias do Governo do Paraná com o país do Oriente Médio. Ex-embaixador de Israel no Uruguai, Goren assumiu o consulado-geral em agosto do ano passado. 

Entre os interesses do Estado está a implantação de projetos nas áreas da segurança pública, saúde, agricultura e tecnologia, como as smart cities, que agregam diversos projetos tecnológicos para melhorar a vida nas cidades. A vice-governadora Cida Borghetti, os secretários da Segurança Pública, Wagner Mesquita, e do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, e o diretor-presidente do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), Júlio Felix, estiveram recentemente em Israel para conhecer as ações nessas áreas. 

“O Paraná é um estado próspero e organizado, onde as coisas funcionam bem. Podemos aprender muitas coisas com o Paraná e com Curitiba e também podemos cooperar em vários aspectos”, disse Goren. “Quase todos os municípios israelenses com mais de 100 mil habitantes implantaram o projeto das smarts cities, que contemplam várias ações nas áreas de segurança, planejamento urbano e serviços para os cidadãos, que trazem mais eficiência e facilidade às pessoas. Não tenho dúvidas que as cidades paranaenses seriam beneficiadas com o projeto”, afirmou. 

Richa presenteou o cônsul com uma série de gravuras do pintor curitibano Poty Lazzarotto e ganhou de Goren tâmaras israelenses e um livro sobre o país. O governador foi convidado para uma missão a Israel para conhecer os projetos lá desenvolvidos. 

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios