Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O vice-governador Darci Piana reuniu-se na terça-feira (30) com representantes do governo de Hyogo, província japonesa que tem acordo de irmandade com o Paraná, para discutir parcerias na área de infraestrutura, especialmente no setor de bioenergia. O encontro, no Palácio Iguaçu, também tratou do planejamento para a comemoração dos 50 anos de cooperação entre os dois estados, que será celebrada em 2020.

Os governos do Paraná e de Hyogo firmaram um acordo em 2015, na ocasião em que se comemoravam os 45 anos de irmandade entre os dois estados, para aprofundar as parcerias para a geração de biogás. A província japonesa detém tecnologia de ponta na área.

A ideia, agora, é avançar com esta parceria. “O Paraná é o principal produtor de frangos e o segundo maior de suínos, e a tecnologia de Hyogo nos interessa para transformar os dejetos desses animais em biogás”, explicou Piana. “Há um potencial muito grande para gerar energia, além de resolver um problema ambiental, para evitar que todo esse volume não contamine o solo e água. Estamos muito preocupados com isso, e contamos com o apoio dos japoneses”, afirmou.

Piana destacou ainda que outras áreas da infraestrutura, como ferrovias e rodovias, também podem ser de interesse da província japonesa, além do fornecimento de tecnologias para o controle de fronteiras. “Esperamos ampliar a capacidade de investimentos do estado de Hyogo no Paraná e que possamos ampliar a parceria entre os dois estados”, acrescentou o vice-governador.

O acordo de cooperação entre o Paraná e Hyogo também se estende para alguns municípios paranaenses, que têm relações de co-irmandade com cidades de Hyogo. Curitiba é cidade-irmã de Himeji; Londrina de Nishinomiya; Maringá de Kakogawa; e Paranaguá de Awaji-shi.

Participaram do encontro o representante do governo de Hyogo no Brasil, Noboyuki Nagata; o diretor de Projetos na Câmara do Comércio e Indústria Brasil Japão do Paraná, Fujio Takamura; e os senhores Jorge Yamawaki e Makoto Yamashita.

Diplomacia

Darci Piana também recebeu nesta terça-feira o embaixador Igor Kipman, chefe do Escritório de Representação do Ministério das Relações Exteriores no Paraná (Erepar); os cônsules honorários da Hungria (Marco Aurélio Schetino), Rússia (Acef Said), Dinamarca (Pedro Fernandes), Romênia (Orcival Henning), Grã-Bretanha (Adam Patterson), Tanzânia (Jonathan Bittencout), Suíça (Manuela Merki) e Turquia (Luiz Alberto Lenz); e o cônsul adjunto da Argentina no Paraná, Sebastian Bertuzzi. Foram discutidos temas de interesse dos países e investimentos estrangeiros no Estado.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios